A Estação Ferroviária do Rossio foi inaugurada em 18 de maio de 1890 e entrou ao serviço pouco mais de um ano depois, em 11 de junho de 1891.

Construção

Estação do Rossio
Fachada da Estação do Rossio

A Estação Ferroviária do Rossio foi inaugurada em 18 de maio de 1890 e entrou ao serviço pouco mais de um ano depois, em 11 de junho de 1891.

Construída em estilo manuelino, era a estação central dos principais comboios nacionais e internacionais. Foi alvo de diversas obras de qualificação, como a instalação da iluminação elétrica em 1894, relógios na década de 1900 e modernização na década de 1950 com a eletrificação da via férrea.

Foram nesta época transferidos os comboios de longo curso para Santa Apolónia, fazendo com que esta estação perdesse alguma importância. Manteve-se no entanto como ponto de partida dos comboios para a Linha do Oeste, para Figueira da Foz, e para a Linha de Sintra.

Na década de 1970 iniciou o Centro Comercial do Rossio e na década de 1990 a estação foi totalmente modernizada.

Estrutura

Coberta por um alpendre de ferro e vidro, tem 130 metros de comprimento e 21 metros de altura. Em 1989 tinha 9 vias. Na modernização em 1990 passou para 5 vias e os cais de embarque e desembarque com muito mais capacidade para passageiros.

O complexo da Estação do Rossio estende-se por vários andares. A base situa-se entre o Largo do Rossio e a Praça dos Restauradores e o andar superior abre para a Calçada do Carmo, uma rampa que nos leva ao Largo do Carmo. Entre a base e o topo a estação tem vários pisos intermédios, sendo única no género em Portugal.

Classificação

O edifício da Estação está classificado desde 1971 como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 42.868' W 009 08.441'  (38.71447, -9.14068)

Referências

Temas / Tags

Santa Maria Maior, publicado em por