Estação da CP

As estações da CP mais antigas eram habitualmente decoradas com azulejos nas paredes, mostrando aos visitantes o que se pode conhecer no país. Felizmente muitas dessas estações mantiveram a sua decoração original apesar de transformadas e adaptadas à vida atual.

  • O troço dos caminhos de ferro de Vila Real a Pedras Salgadas foi inaugurado em julho de 1907, sendo daqui até Vidago em março de 1910.
  • Este edifício é referenciado pelo revestimento de um grande número de painéis de azulejos da Fábrica de Fonte Nova (1916), reproduzindo motivos regionais.
  • Esta estação de Coruche faz parte da Linha de Vendas Novas, entre Setil (Linha do Norte) e Vendas Novas (Linha do Alentejo).
  • Estando Moledo no caminho de Espanha, nada melhor de que esta pequena praia seja abrangida pelo caminho de ferro. De estação em tempos para o apeadeiro na atualidade, com a transformação...
  • Pertencendo à Linha do Oeste e das poucas estações antigas ainda em funcionamento, a estação mostra os maravilhosos painéis de azulejos das paredes exteriores.
  • A "Parceria dos Vapores Lisbonense", criada em 1899, geria os transportes de passageiros entre o Cais do Sodré e Alcântara, Belém e Pedrouços.
  • A Estação Ferroviária do Rossio foi inaugurada em 18 de maio de 1890 e entrou ao serviço pouco mais de um ano depois, em 11 de junho de 1891.
  • comboio,cp,dois pisos,largo,rotunda
  • Este belíssimo edifício do séc. XIX representa a central máxima dos caminhos de ferro e da cidade no Alto Minho. Sendo um ponto de passagem entre Espanha e Porto, esta estação é o ponto de paragem...
  • O edifício da Estação tal com está hoje foi construído no inicio do século XX. Esta fotografia é dos anos 60.
  • A primeira ligação entre o Tua e Mirandela terminou no ano de 1887. Na segunda fase fez-se a ligação entre Mirandela a Bragança, tendo as obras terminado em 1906.
  • É muito frequente podermos observar painéis azulejares em muitas estações de caminhos de ferro em Portugal, na sua maioria inativas e em muitas outras activas, como é o caso de Azambuja.
  • Na Estação da CP, a poucas centenas de metros da vila, podemos admirar painéis de azulejos com imagens do Castelo e outras.