Imóvel de Interesse Público

Um bem considera-se de interesse público quando a proteção e valorização representa um valor cultural de importância nacional. Distingue-o da classificação de interesse nacional se esta última se mostra desproporcionada para o imóvel em questão.

  • A Anta da Cerqueira é considerada a mais completa do distrito de Aveiro. Também conhecida como Casa Moura, está inserida numa Necrópole constituída por oito monumentos.
  • A Anta do Olival pertence a um conjunto megalítico do Olival da Pêga, e provavelmente é do quarto e terceiro milénio a.C.
  • O edifício da Antiga Capitania do Porto de Aveiro, ou Casa dos Arcos, foi inicialmente construído como moinho de maré, sendo depois convertido para apoio da fábrica de porcelana.
  • O antigo edifício dos Paços do Concelho de Povoação, junto da igreja de Nossa Senhora do Rosário, era a sede da Câmara Municipal desde 1856.
  • Conhecido como aqueduto da Usseira, uma vez que é ali o seu início, veio revolucionar o sistema de abastecimento de água à vila de Óbidos.
  • Este arco é o que resta de uma cerca de muralhas em redor da Vila, que D. Dinis mandou edificar, tendo esta apenas cinco portas de arco quebrado.
  • Uma das muitas edificações arcaicas da cidade, o Arco das Freiras está situado sobre a Rua de Santa Iria, do mesmo nome do convento.
  • Estes dois elementos formam um só, todos eles situados na Praça da República e fizeram parte de um castelo medieval de que restou este pano composto pelo arco, a Torre do Relógio e a arcada ou...
  • Edificada mesmo junto à praia com o mesmo nome no início do século XVI, tomando o nome inicial de azenha de Santa Cruz de Ribamar em alusão à arriba marítima.
  • Este monumento quinhentista não deixa de existir uma particularidade em que, sendo no seu interior uma azenha, o seu formato exterior se parece com uma torre.
  • Situada na Avenida Central, este templo religioso do século XVIII é conhecido como Convento, Colégio e Igreja dos Congregados e Congregação de S. Filipe Néri.
  • A atual Basílica de Nossa Senhora dos Mártires, num projeto de Reinaldo Manuel dos Santos do século XVIII, foi construída em estilo barroco tardio e neoclássico.
  • Café Majestic Considerado o sexto melhor café do Mundo, é um dos dois mais emblemáticos da cidade e o único que na atualidade mantém a sua funcionalidade da abertura. Não precisa de apresentações...
  • Calvário e púlpito em granito do séc. XVII, situado a norte da vila numa penedia em que estão 3 cruzes das quais a central é de 1627. Na parte central da penedia está um púlpito datado de 1643.
  • Edifício dos anos vinte do último século, de planta quadrangular de dois pisos, com uma fachada de três corpos, com a parte central mais recuada.
  • A Capela da Misericórdia, do séc. XVII, mandada construir pelos devotos, está situada no centro da vila. O interior está pintado com cenas bíblicas e da paixão.
  • Inicialmente esta Capela surgiu com o nome de Nossa Senhora da Conceição, que entretanto não deixa de estar ligado à história da Misericórdia da Murça.
  • Nos finais do século XVI a vila começava a dar sinais de expansão quando foi fundada a Irmandade da Misericórdia de Louriçal.
  • Situada no centro histórico da Lousã, a poucos metros do Palácio de Salazares, ergue-se o templo religioso da Misericórdia desde 1568, segundo a inscrição gravada no portal.
  • Este templo religioso é da época da Reconquista Cristâ na Península Ibérica aquando da reedificação do castelo, pela Ordem dos Templários, no séc. XII.