Imóvel de Interesse Público

Um bem considera-se de interesse público quando a proteção e valorização representa um valor cultural de importância nacional. Distingue-o da classificação de interesse nacional se esta última se mostra desproporcionada para o imóvel em questão.

  • A primeira edificação foi com o Rei Wamba, último Rei dos Visigodos, entre os anos 672-680. No entanto pode ser uma atalaia da época da invasão muçulmana da Península.
  • Pertencendo Freixo de Numão a uma região fortemente arqueológica, o Castelo Velho constituiu-se num Sítio Arqueológico que se crê ter sido ocupada entre 3000 a.C. e 2000 a.C.
  • A norte da vila o Castelo Velho, também denominado como Castro de Santa Bárbara, está situado no ponto mais alto da vila, numa das vistas mais maravilhosas sobre a zona.
  • Situado na encosta da serra da Arada, tem uma área de 10ha e está num nível acima do mar de 610m. Com esta área, este castro é um dos mais importantes e imponentes castrejos da região de...
  • O Castro de Lanhoso é um dos quatro monumentos situados no Monte Pilar, no sopé do monte. Os vestígios mais antigos nesta zona remontam ao calcolítico, correspondente ao III milénio a.C.
  • Temos mais um exemplar de um castro do século II a I a.C., que se insere na tipografia Castreja da Idade do Ferro na Península Ibérica.
  • Castro de Palheiros é uma estação arqueológica monumental ocupada no Período Calcolítico (terceiro milénio antes de Cristo) e na Idade de Ferro, sendo habitada desde o século IV antes de...
  • O Castro de Santo Ovídio, que terá sido iniciado na Idade do Ferro e depois ocupado pelos romanos nos séculos I a.C. a I d.C., é o sítio arqueológico mais conhecido do município.
  • Este Castro foi um povoado fortificado da Idade do Ferro. Com poucos panos existentes, este povoado conserva vestígios da Idade de Bronze até à época Medieval.
  • No monte com o mesmo nome, o Castro de São Lourenço foi construído durante o período da Idade de Bronze, tendo vestígios de ocupação nos períodos seguintes como a Idade de Ferro, entrando pelo...
  • Este Castro do Monte da Consolação está situado num ponto estratégico, o que significa que este monte começou a ser ocupado desde o tempo Pré-Histórico.
  • Acrópole do séc. I e II, era um espaço público multifuncional, tipo pavilhões multiusos, sem construções, sendo por isso um local de reuniões comerciais, desportivas e políticas. Está considerado...
  • Num pequeno monte edificou-se um povoado fortificado compreendido entre os períodos da Idade de Bronze, Ferro e Romano. É de pequenas dimensões, com um sistema defensivo de duas muralhas reforçadas...
  • Atualmente, existem só partes desta cerca seiscentista datada do séc. XVII que envolvia toda a cidade. Estas muralhas serviram para defesa de Faro das tropas miguelistas.
  • O Chafariz d'El-Rei poderá ter sido construído no séc. XIII para aproveitar as excelentes águas da atual Alfama.
  • Este chafariz da Rua das Taipas surgiu na condição do plano de abastecimento de água à cidade que foi delineado na segunda metade do século XVIII.
  • Chafariz da Rua Escura Mais uma obra importante para o abastecimento de água à cidade. Construída no século XVII, na Rua Escura, foi transferido no ano de 1940 para o local atual, o Largo do Dr....
  • Este é o único chafariz sobrevivente de três que existiram nos princípios do século XVIII nas Caldas da Raínha. Edificado segundo um programa para colmatar a falta de abastecimento de água à cidade,...
  • Este chafariz encontra-se situado num largo em frente do Palácio Alvor. Numa arquitetura barroca, foi criado em conjunto com a praça, em 1774.
  • Situado à entrada norte da Ribeira de Santarém, este monumental chafariz da segunda metade do séc. XVIII servia os viajantes que aqui passavam com destino ao norte.