Igreja ou Hospital da Misericórdia

A Santa Casa da Misericórdia em Portugal é uma instituição criada para dar apoio, tratamento e sustento a doentes, inválidos e recém nascidos abandonados. Foi fundada no séc. XVI pela rainha D. Leonor, viúva de D. João II. Com o apoio do Rei D. Manuel I, a Rainha instituiu uma Irmandade de Invocação a Nossa Senhora da Misericórdia. Encontra-se assim edifícios da instituição, sejam igrejas ou hospitais, por muitos centros urbanos por todo o país.

Dada a escassez de rendimentos e para dar continuidade à obra, a Rainha D. Maria I concedeu em 1783 à instituição a exploração de uma lotaria anual, que passou a ser uma das suas principais fontes de rendimento. Na atualidade existem diversas outras lotarias e jogos todos com a mesma finalidade.

  • A Igreja da Misericórdia foi construída entre 1620 e 1630. No entanto as obras de construção prolongaram-se até ao século XVIII, quando foi terminada a frontaria.
  • Este monumento barroco foi construído no séc. XVII e XVIII com a ajuda dos pescadores da Ericeira e sob a responsabilidade de Francisco Lopes Franco.
  • Situa-se na parte alta e centro histórico da cidade, perto da Igreja de São João e do Convento de São Domingos.
  • Segundo um túmulo no interior deste templo a indicar a data de 1513, conclui-se que a edificação terá sido nos primeiros anos desta centúria ou nos finais do séc. XV.
  • Esta Igreja da Misericórdia deve-se a um casal, Aires Ferreira e sua mulher Catarina de Góis, em que estes deixaram os seus bens na obrigação de rezar uma missa diária.
  • A Igreja da Misericórdia é do século XVI, tendo sido reconstruída no século XVIII após o terramoto de 1755.
  • Uma igreja barroca do século XVIII, é ladeada pela antigo hospital aos quais se acede por duas portas antecedidas por um pequeno adro.
  • Uma igreja de construção barroca, de nave única, seria no século XVII a capela privativa do palácio do 3º Conde da Ericeira, onde está agora a Câmara Municipal.
  • A igreja que hoje conhecemos é o resultado de várias intervenções no templo primitivo, que teve o seu início de edificação na última década do séc. XVI.
  • Localizada no centro da vila, fazendo esquina entre as ruas da Misericórdia e Condessa das Canas, este edifício pertence à segunda metade do século XVIII.
  • Iniciada entre 1585-1586, a construção teve uma celeridade com o interesse de D. Teodósio II, Duque de Bragança, ao disponibilizar artistas que para ele trabalhavam.
  • Das poucas ou talvez a única Igreja da Misericórdia com uma outra denominação, de Espírito Santo, em homenagem aos irmãos que, em 1552, fundaram a Irmandade da Misericórdia de Azambuja.
  • A Misericórdia de Azurara foi fundada em 20 de abril de 1566 por alvará régio, tendo autorização de D. Sebastião em 30 de julho de 1577.
  • Todo o conjunto da Igreja da Misericórdia, hospital e um lar deve-se a uma construção do século XVI que teve a sua origem na edificação de um Convento da Ordem dos Capuchos.
  • A construção desta igreja iniciou em 1560, junto à Sé. Segundo uma inscrição no portal principal, terminou em 1562, ano possivelmente relativo à fachada.
  • A Igreja da Misericórdia foi erigida no século XVI por D. Manuel I. Do original resta apenas a estrutura geral e outros poucos elementos.
  • A Igreja da Misericórdia de Coimbra, também designada como Igreja e Claustro do Colégio Novo, ou Colégio de Santo Agostinho, foi edificada com o propósito de albergar os colegiais da Congregação de...
  • Tal como os Paços do Concelho, está situada na pequena Praça do Município. A Igreja da Misericórdia não tem uma data concreta, sabendo-se que a sua edificação terá ocorrido no tempo de D. Henrique,...
  • No centro histórico de Fão encontra-se a Igreja da Misericórdia que tem o início da sua história no séc. XVI. O único vestígio deste século é uma porta de arestas chanfradas que está adossado a este...
  • Já quase no declinar do século XVI, nomeadamente em 1598, a Igreja da Misericórdia foi fundada com a contribuição do povo, entretanto com muitas alterações.