Fontes

Uma fonte, fontanário ou chafariz é uma construção erigida num local público, passeio, jardim, praça, que tem como função principal dar de beber a quem passa. Sendo no início o local onde todas as populações vizinhas se abasteciam de água, por não haver água canalizada em casa, tornou-se também num local de convívio.

Uma fonte habitualmente é construída numa forma ornamentada, algumas bastante simples e muitas outras extremamente elaboradas. Na atualidade a função principal deixou de ter tanto significado mas continua a cumprir a sua função de dar de beber e de decoração.

  • Situado num pequeno largo, face à via principal que atravessa a cidade, este chafariz foi o primeiro do género a abastecer a cidade de água.
  • Situado no Largo Primeiro de Dezembro, este chafariz pode ter sido edificado no século XIX.
  •   Chafariz de traços sóbrios, localizado nas imediações do Castelo no largo ou centro da aldeia, feito em granito.   Ao centro está a única bica que possui, e mais abaixo está a pia...
  • Este chafariz foi construído em 1789 para fornecer água à população da vila. É encimado por uma pedra de armas de Portugal e o espaldar é dividido por pilastras.
  • Este chafariz maneirista construído em 1575 situa-se na Praça de Santa Maria em frente da Igreja Matriz da vila de Óbidos.
  • A Rainha D. Leonor Teles foi a ombreira deste Convento em 1376, onde D. Fernando possuía um palácio. Este convento ao longo dos séculos sofreu constantemente com obras. Nos séculos XV e XVI, os...
  • Um simples fontanário numa pequena aldeia chamada de Justes, e que para esta também pequena população, significa a vida.
  • Este fontanário está datado do ano de 1886, a base é composta por duas meias luas que servem de base para a coluna de pedra.
  • Este fontanário, situado próximo da Igreja Paroquial de Santana, foi inaugurado em 1 de junho de 1955. Está classificado como Monumento de Valor Local.
  • Atualmente posicionado com certo destaque em frente à Igreja Matriz e ao Mercado Municipal, é agora unicamente um elemento decorativo, uma vez que é uma fonte seca.
  • Esta fonte está situada junto da igreja de Igreja de Nossa Senhora da Mãe de Deus.
  • Iniciando no séc. XX, estas fontes comunitárias surgiram nas aldeias Portuguesas vindo colmatar as diferenças entre as cidades e as aldeias.
  • Com o mesmo nome da Casa do Fundo da Vila, também é conhecido como fontanário Dr. Pires de Carvalho. Foi edificada nos anos trinta do séc. XX.
  • Junto da cisterna e ambos os elementos a funcionar no mesmo sentido de fornecimento de água à população, é conhecida, com a cisterna, como Pombal.
  • Fontanário público Por: José Ferreira, Cabroelo
  • Esta fonte é constituída por duas partes, a parte principal que faz de espaldar é edificada em granito, a segunda parte é formada por dois pequenos tanques redondos.
  • Esta fonte está edificada em espaldar com um muro, toda ela coberta com azulejos de variados motivos de uma só saída de água que cai para um tanque retangular.
  • A fonte é um dos três elementos existentes junto ao parque infantil de Gaeiras, que se resume ao centro da vila.
  • Esta fonte situa-se à entrada da vila de Coruche, vindo de norte. Datada de 1871, foi toda a zona remodelada há pouco tempo e com ela todo o ambiente desta fonte.
  • É neste mesmo largo no interior da povoação que a fonte constituiu um elemento sóbrio, oferecendo água canalizada com a contribuição de uma bomba.