Fonte

Uma fonte, fontanário ou chafariz é uma construção erigida num local público, passeio, jardim, praça, que tem como função principal dar de beber a quem passa. Sendo no início o local onde todas as populações vizinhas se abasteciam de água, por não haver água canalizada em casa, tornou-se também num local de convívio.

Uma fonte habitualmente é construída numa forma ornamentada, algumas bastante simples e muitas outras extremamente elaboradas. Na atualidade a função principal deixou de ter tanto significado mas continua a cumprir a sua função de dar de beber e de decoração.

  • A meio da subida do centro de Maçussa para leste encontramos um chafariz que teve decerto uma grande história no fornecimento de agua à povoação.
  • Este Chafariz Real foi construído no século XVIII para dar de beber tanto aos animais como aos trabalhadores na construção do Palácio Real.
  • Este chafariz maneirista construído em 1575 situa-se na Praça de Santa Maria em frente da Igreja Matriz da vila de Óbidos.
  • A Rainha D. Leonor Teles foi a ombreira deste Convento em 1376, onde D. Fernando possuía um palácio. Este convento ao longo dos séculos sofreu constantemente com obras.
  • Esta fonte está situada junto da igreja de Igreja de Nossa Senhora da Mãe de Deus.
  • Atualmente posicionado com certo destaque em frente à Igreja Matriz e ao Mercado Municipal, é agora unicamente um elemento decorativo, uma vez que é uma fonte seca.
  • Um simples fontanário numa pequena aldeia chamada de Justes, e que para esta também pequena população, significa a vida.
  • Este fontanário está datado do ano de 1886, a base é composta por duas meias luas que servem de base para a coluna de pedra.
  • Iniciando no séc. XX, estas fontes comunitárias surgiram nas aldeias Portuguesas vindo colmatar as diferenças entre as cidades e as aldeias.
  • Um fontanário situado na estrada nacional no meio de Fontelo, composto por duas bicas que vertem água para um tanque retangular, tendo ao centro uma coluna onde estão as bicas, uma de cada lado.
  • Um fontanário situado na avenida principal de Vila Garcia, a Avenida Padre Manuel Ramos Pinto. É uma fonte centenária com duas bicas de onde corre água para dois tanques retangulares e para um...
  • Com o mesmo nome da Casa do Fundo da Vila, também é conhecido como fontanário Dr. Pires de Carvalho. Foi edificada nos anos trinta do séc. XX.
  • Junto da cisterna e ambos os elementos a funcionar no mesmo sentido de fornecimento de água à população, é conhecida, com a cisterna, como Pombal.
  • Este fontanário, situado próximo da Igreja Paroquial de Santana, foi inaugurado em 1 de junho de 1955. Está classificado como Monumento de Valor Local.
  • Fontanário público em Cabroelo
  • Esta fonte é constituída por duas partes, a parte principal que faz de espaldar é edificada em granito, a segunda parte é formada por dois pequenos tanques redondos.
  • Esta fonte está edificada em espaldar com um muro, toda ela coberta com azulejos de variados motivos de uma só saída de água que cai para um tanque retangular.
  • A fonte é um dos três elementos existentes junto ao parque infantil de Gaeiras, que se resume ao centro da vila.
  • Esta fonte situa-se à entrada da vila de Coruche, vindo de norte. Datada de 1871, foi toda a zona remodelada há pouco tempo e com ela todo o ambiente desta fonte.
  • É neste mesmo largo no interior da povoação que a fonte constituiu um elemento sóbrio, oferecendo água canalizada com a contribuição de uma bomba.