Chafariz do Rossio de São Brás

Não havendo a certeza de quando o chafariz foi construído, há várias datas como hipótese, como 1592, por ordem de D. Filipe II, ou 1573, fazendo parte da rede de distribuição de água na cidade vinda do Aqueduto da Água da Prata. Outra hipótese aponta para pouco depois de 1604, pela Câmara Municipal, ou ainda para 1728.

Contudo, existe uma autorização do rei D. Manuel I para a construção de um poço no Rossio, de onde mais tarde foi construído um chafariz público, que pode referir-se precisamente a este chafariz. Todas estas possibilidades não passam de simples hipóteses.

Descrição

O chafariz é composto por uma coluna piramidal quadrada sobre uma base paralelepipédica também quadrada, com quatro bicas que vertem água para uma taça circular em forma de flor ou de leque. Sobre a coluna existe uma esfera de onde, segundo uma descrição de 1651, saía a água e era facilmente levada pelo vento. Daí ter sido feita a alteração para o que é atualmente.

A taça é assente sobre duas semiesferas achatadas e uma base circular. Todo o conjunto é rodeado por um tanque circular e assente sobre cinco degraus também circulares interrompidos na direção este-oeste por dois tanques retangulares para onde cai água do tanque circular por duas caleiras.

Classificação

Este chafariz está classificado como Monumento de Interesse Público desde 2011.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 33.995' W 007 54.436'  (38.56658, -7.90727)
Horta das Figueiras, publicado em por