Convento ou Mosteiro

Os romanas criavam espaços para reunião dos cidadãos para efeitos jurídicos ou administrativos. Estes espaços eram denominados de conventos. Posteriormente o termo passou a ter um significado religioso designando as construções para onde os homens ou mulheres se retiravam em comunidades religiosas.
Enquanto um convento era uma construção dentro da região urbana de uma localidade, o mosteiro era construído fora dessa região urbana. No entanto, devido à expansão das anteriormente pequenas localidades, muitos mosteiros passaram a estar incluídos dentro e não fora das povoações.

  • Igreja do mosteiro da Ordem de Cister, foi construída na primeira metade do século XIII e reformada nos séculos XVII e XVIII na fachada e no interior das naves.
  • Em 1749, ano em que começou a edificação do convento com o lançamento da primeira pedra, já existia uma ermida, que foi substituída pela atual Igreja de Santa Rita.
  • Esta Igreja começou por fazer parte de um Mosteiro da Ordem do Templo, sendo referido que, em 1549, era propriedade dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho.
  • A Igreja de Santo António dos Capuchos é uma segunda parte que completa o Convento, ambos os edifícios do século XVII, pertencentes à arquitetura maneirista.
  • O Convento foi fundado em 1590, a mando de uma dama nobre brigantina, utilizando as suas casas e da qual subsiste o brasão de armas no exterior da Igreja.
  • Situada junto da Praça do Rossio, a igreja fez parte do convento com o mesmo nome, do qual só existe atualmente o templo religioso.
  • A Igreja de São Francisco e o Seminário dos Missionários Apostólicos formavam o conjunto do Antigo Convento de São Francisco, que se encontra na via de desenvolvimento da Vila.
  • A Igreja de São João Evangelista das Carmelitas surgiu através do Convento das Carmelitas Descalças, sendo iniciado em 1610 como residência de D. Brites Lara.
  • Também conhecida como Igreja de Nossa Senhora de Ajuda, pertencia aos frades eremitas de São Paulo, datada do ano de 1606.
  • A Igreja de São Pedro de Ferreira pertence ao Mosteiro com o mesmo nome. Datado do final do século XII, trata-se de um edifício notável de construção do românico de cariz rural.
  • Esta igreja está no local onde existiu um templo primitivo, do séc. XII, mandado construir por D. Afonso Henriques e dedicado a São Vicente.
  • A Igreja da Madre de Deus integrava o convento com o mesmo nome. Este convento foi fundado no início do século XVI, em 1509.
  • A Igreja e Convento da Ordem Terceira de São Francisco está situada na parte norte da cidade, numa plataforma sobrelevada em relação à Av. 25 de Abril, a avenida que faz a ligação norte/sul.
  • O Convento de Arroios foi edificado em 1705 para ser um Colégio Jesuítico destinado a formar padres para serem enviados para a Índia.
  • O complexo conventual teve o seu início em 1690, com o empenho e contributo de D. João V, como agradecimento pela cura de uma doença sofrida em 1700.
  • Localização Coordenadas GPS: N 38 44.545' W 009 10.896'
  • A Igreja do Convento de Santa Ana situa-se a norte da cidade, junto da Estação dos Caminhos de Ferro, pertencente à Ordem Feminina das Beneditinas. À semelhança de outros conventos, este também foi...
  • O Convento de Santo António foi fundado em 1571, destinado para a Ordem dos Frades Capuchos de Santo António.
  • Situado no largo com o mesmo nome, o conjunto conventual foi edificado no início do séc. XVII e a igreja é o elemento de maior relevo deste conjunto conventual.
  • O Rei D. João III, o frade António e um homem influente na região e Senhor de Tavarede foram os impulsionadores da sua edificação.