Castelo de Mogadouro
Castelo de Mogadouro

Acreditando-se que o Castelo de Mogadouro seja da época medieval, a sua fundação provém de uma primitiva ocupação de um castro pré-histórico, passando pela romanização. Apresenta de seguida vestígios da ocupação dos visigodos e termina com a ocupação dos muçulmanos no século VIII.

Com a expulsão dos muçulmanos da Península Ibérica através da Reconquista Cristã e com a fundação da Nacionalidade, esta região foi palco de inúmeras batalhas obrigando à construção de defesas situadas em Mogadouro, Penas Roias, Algoso, Miranda do Douro, Vimioso e Outeiro, fazendo parte da linha de defesa no nordeste de Portugal.

Século XII

Castelo de Mogadouro
Castelo de Mogadouro

Havendo a necessidade de proteger a linha central do País, o Castelo do Mogadouro foi edificado entre 1160 e 1165. Mais tarde, no reinado do D. Afonso III, incrementou-se o povoamento e a defesa da região concedendo a carta foral à vila. Esta carta veio a ser renovada por D. Dinis, iniciando uma cerca para a sua defesa.

Continuando na funcionalidade do castelo, este sofre obras de restauro a mando de D. João II e, mantendo-se assim, a vila veio novamente a ser prestigiada com um novo foral, desta feita concedido por D. Manuel, sendo os alcaides-mor os Távoras.

Assim se manteve durante dois séculos até que, diante do trágico destino dos Távoras e da perda defensiva, o castelo entrou progressivamente em declínio, chegando a ruínas de que resta apenas a Torre de Menagem e restos da muralha.

Classificação

Com tanta história, assim foi considerado como Monumento Nacional desde 1946.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 20.290' W 006 43.212'  (41.33817, -6.72020)

Temas / Tags

Mogadouro, publicado em por