Século XV

O Século XV foi o início da época do Renascimento na Europa, marcando o final da Idade Média. Foi grande a influência do renascimento nas construções, pinturas e esculturas. Foi também a era do início dos descobrimentos portugueses.

  • A Ermida ou Santuário de Nossa Senhora de Entre-Águas, uma igreja do século XV, tem este nome devido a estar situada entre as ribeiras da Seda e da Sarrazola, e agora na margem da albufeira da...
  • A Igreja de Nossa Senhora de Guadalupe, datada do século XV, reflete o melhor do estilo gótico na região, ficando a sua construção a dever-se ao padre de Mouçós.
  • Situada no Largo D. Nuno Álvares Pereira, no centro da vila, encontra-se a Igreja de Nossa Senhora do Amparo e, depois dos anos oitenta, relegada para segundo plano, ficando a ser conhecida como a...
  • Concluídas as obras em 1500, só em 1510 esta ermida foi elevada a Igreja Matriz das Caldas da Rainha, sendo mais conhecida como a Igreja Matriz da Nossa Senhora do Pópulo.
  • A atual Igreja Matriz, dos meados do século XV, foi edificada sobre um outro templo que ali existiu, provavelmente dos séculos XII e XIII.
  • Existe há cerca de 600 anos esta igreja de Santa Bárbara em Reinaldes, mandada construir por D. Pedro I para pagamento de uma promessa.
  • Este templo religioso, edificado em 1457, faz parte da zona histórica, e está priviligiado por estar ao lado do maior e mais visível pano das Muralhas Fernandinas.
  • Esta igreja tem origem no século XV, pela ordem de Santiago, sendo igreja paroquial desde 1487 e matriz, pela criação do concelho por D. Manuel I, em 1521.
  • A Igreja de Santa Cruz deve a primeira fundação ao Infante D. Henrique, filho de D. João I, e data de meados do século XV.
  • Esta igreja surgiu no ano de 1498 como Igreja da Misericórdia, tendo sido mais tarde adossada ao hospital com o mesmo nome.
  • Igreja de Santa Maria da Graça ou Sé de Setúbal, também Igreja Matriz de Setúbal, foi fundada no século XIII, mas foi reconstruída no alto renascimento.
  • Este templo religioso situa-se no interior desta fortaleza, muito próximo do Palácio dos Condes de Abrantes.
  • A Igreja S. João Batista ou Igreja Matriz de Tomar remonta ao século XV, ao tempo do Infante D. Henrique, estando referenciada na colectânea como ponto da reunião local.
  • Também conhecida como Igreja do Hospital do Espírito Santo, tem origem no século XV e pertencia ao antigo hospital Real do Espírito Santo.
  • Foi edificada no século XV a Capela do Espírito Santo, e foi precisamente no lugar desta que, em 1589, se fundou a Igreja de São Pedro, que estaria concluída em 1593.
  • A Igreja de São Roque, situada no interior do forte com o mesmo nome, datada do século XV, foi reconstruída ou reparada no século XVIII.
  • A sua construção é do ano de 1426, a mando do Infante D. Henrique, e começou por ser uma capela, ampliada nos séculos XVII e XVIII, pelo aumento da população.
  • Primitivamente esta igreja, de nome Nossa Senhora de Jesus Cristo, fez parte do Conjunto Conventual Franciscano da Ordem Terceira, do qual este conjunto viria a ser separado em 1834 devido à...
  • Igreja do Mosteiro da Nossa Senhora das Virtudes da Ordem de São Francisco, mais um templo religioso ligado a uma lenda, e neste caso pertencente à Igreja de Nossa Senhora das Virtudes pelo...
  • Igreja e Convento de Jesus, do século XV, monumento nacional, é o ex-libris da cidade e em 1961 passou a ser o Museu de Setúbal.