Estilo Barroco

O Estilo Barroco surgiu na Itália e desenvolveu-se desde o final do séc. XVI até meio do séc. XVIII. Sendo considerado o seguimento do renascentismo, mostra mais dinamismo, maior contraste, dramatismo, exuberância e realismo, procurando a vida espiritual e ao mesmo tempo mostrando a materialidade ostensiva.

  • Denominada Capela Nova ou Capela dos Clérigos, é um edifício de arquitectura barroca, cujas obras iniciaram em 1639.
  • Aqui era o Palácio da Cerca, o maior da arquitetura civil dos séculos XVII e XVIII de Almada, com influência barroca e romântica.
  • Casa Malheiro Reimão ou Casa da Capela das Malheiras, são outras duas denominações pela qual é conhecida, com o seu maior relevo para a capela que está anexada à casa. É considerada como a mais...
  • Situada no centro histórico da Lousã, a Casa de Baixo integra-se no âmbito das residências nobres da malha urbana da localidade.
  • Considerada uma das sete maravilhas da freguesia de Moure e o ex-libris desta freguesia, a Casa ou Solar de Gondomil foi-se afirmando a partir do século XVIII, ano da sua edificação.
  • Este gracioso e imponente Solar, uma construção do século XVIII, pertence à Família nobre Serpa Côrte Real. Destaca-se a magnífica e esplendorosa fachada de estilo barroco.
  • Esta casa, que serviu os frades da Ordem de São Francisco, foi construída entre 1747 e 1752 sob o estilo barroco, com a assinatura do famoso arquitecto Nasoni.
  • Um monumental edifício situado na marginal da Figueira da Foz, que começou a ser edificado em 1690 e teve a sua finalização em 1704.
  • Seguindo a linha de arquitectura das casas da época, disposta de forma retangular, esta foi edificada na segunda metade do século XVI, extensivo ao início do século XVII.
  • O edifício que serviu de residência da Família Maciéis Aranhas foi um dos poucos sobreviventes no desenvolvimento deste Campo da Vinha, atualmente denominado de Praça do Conde de Agrolongo.
  • A Casa e a Capela são o que resta da Quinta do Bom Sucesso, sendo estes dois elementos dos poucos exemplares de casas agrícolas da época subsistentes na cidade.
  • Este edifício habitacional, situado na Avenida Central, é propriedade da Família com este nome, sendo a sua edificação do início da segunda metade do século XVIII.
  • O castelo de Óbidos, mistura do diversos estilos, é anterior à nacionalidade portuguesa e referido em documentos de 1153.
  • Situada no Largo da Bica, é datado do século XVIII de arquitetura barroca.
  • Este Chafariz, cujo nome se deve à localização no Largo da Esperança, é uma construção barroca e rococó das mais monumentais de Lisboa.
  • Este chafariz encontra-se situado num largo em frente do Palácio Alvor. Numa arquitetura barroca, foi criado em conjunto com a praça, em 1774.
  • Situado na calçada com o mesmo nome, teve como data da sua construção 1619 e na altura também teve como designação Fonte do Rio Frio.
  • Situado à entrada norte da Ribeira de Santarém, este monumental chafariz da segunda metade do séc. XVIII servia os viajantes que aqui passavam com destino ao norte.
  • Está situado num pequeno largo nas traseiras do edifício da cadeia. De planta octogonal, o tanque tem como base um degrau igualmente octogonal.
  • Chafariz construído no largo da Sé, com uma imagem do Anjo São Miguel, que posteriormente passou para a parte lateral, a atual posição.