O Teatro Nacional de D. Maria II, construído entre 1842 e 1846 sobre as ruínas do Palácio da Inquisição, é atualmente local de grandes espetáculos de teatro.

Criação do Primeiro Plano

Teatro Nacional de D. Maria II

Em 1836 Passos Manuel, nesse tempo Chefe do Governo, encarregou o escritor Almeida Garrett de criar um plano para a fundação de um teatro nacional.

O Teatro da Rua dos Condes, um teatro antigo e já decadente, serviu provisoriamente como Teatro Nacional entre 1836 e 1846. Mais tarde este teatro foi transformada em sala de cinema, mantendo o nome de Cinema Condes.

Construção do Novo Teatro

Entretanto, o local escolhido para a construção do novo Teatro Nacional foi o local das ruínas do palácio dos Estaús, onde era a sede da Inquisição e que tinha sido destruída por um incêndio em 1836. As obras do novo edifício iniciaram em 1842, sendo o novo Teatro Nacional finalmente inaugurado em 13 de abril de 1846.

Inauguração

A inauguração do teatro ocorreu durante as comemorações do 27º aniversário da rainha D. Maria II, e daí o seu nome. Na inauguração foi apresentada a obra "O Magriço e os Doze de Inglaterra", um drama histórico original de Jacinto Aguiar de Loureiro.

Gestão e Nome do Teatro

Entre 1881 e 1898 o Teatro foi gerido pela companhia Rosas e Brandão, em que foram apresentadas as primeiras peças de Shakespeare em Portugal.

Após 1910 o teatro recebeu o nome de Teatro Nacional de Almeida Garrett, em honra de quem o criou. Entre 1929 e 1964 o Teatro foi gerido por Amélia Rey Colaço.

No ano de 1939 volta ao nome original, Teatro Nacional D. Maria II.

14 Anos para a Reconstrução

Em 1964 o Teatro foi destruído por um violento incêndio, em que apenas restaram as paredes exteriores e a entrada do edifício. Durante muitos anos esteve suspenso, e só em 1978 foi terminada a sua recuperação, respeitando o estilo neoclássico original, e reabriu as portas com toda a notoriedade.

Grandes Artistas

Este teatro foi palco de grandes obras com a presença de grandes artistas, como Amélia Rey Colaço, Eunice Muñoz, Lurdes Norberto, Carmen Dolores, Ruy de Carvalho, Laura Soveral, Fernanda Alves, Anna Paula, Mariana Rey Monteiro, Catarina Avelar, João Perry, Fernanda Borsatti, Madalena Braga, Jacinto Ramos, Maria Emília Correia, Beatriz Batarda, Fernanda Lapa, Lia Gama, Glória de Matos, João Grosso, Luísa Cruz, João Lagarto, Manuela de Freitas,Manuel Coelho, Lourdes Lima, Carlos Cabral, Paula Mora, Maria Amélia Matta, entre muitos outros.

Classificação

Em 17 de Dezembro de 1928 foi classificado como Imóvel de Interesse Público com a designação de Teatro Nacional de Almeida Garrett.

Em 2012, o teatro foi reclassificado como Monumento Nacional.

Localização

O Teatro situa-se no extremo norte do Largo do Rossio ou Praça D. Pedro IV.

Coordenadas GPS: N 38 42.875' W 009 08.381'  (38.71458, -9.13968)

Referências

Temas / Tags

Santa Maria Maior, publicado em por