Ponte Medieval

Um pouco por todo o país podemos encontrar diversas pontes de construção posterior ao domínio romano, mas na generalidade em estrutura semelhante.

  • Um local com muitas sombras e um parque de merendas onde se pode passar uma boa parte do dia. Salienta-se a Ponte Medieval.
  • Considerada Centenária, a ponte que atravessa o rio Vez, e não obstante pertencer a um período recente da história, é um aproveitamento de outra ponte do período românico.
  • Atravessando o Rio Ave, não deixa de ser uma grandiosidade, sendo datada do século XII. Pensa-se que tenha sido construída sobre ruínas também romanas que ligavam Bracara Augusta a Cale.
  • Situada na freguesia de Goães, nome pelo qual a ponte também é conhecida, está inserida num espaço rural atravessando o rio Neiva.
  • Esta pequena ponte faz a travessia do rio Ul e liga as povoações de Cucujães e da Pica, da qual a ponte toma o nome.
  • Localização Coordenadas GPS: N 39 53.912' W 008 19.419'
  • A Ponte Medieval de Almodôvar, conhecida como Ponte da Ribeira de Cobres, em arquitetura românica, pensa-se ter sido construída no século XII ou XIII.
  • Ponte de Abaças ou Ponte da Ribeira, esta ponte une as duas freguesias vizinhas, Abaças e Andrães.
  • Descrição A poucos metros a leste da Igreja Paroquial e num outro ponto de referência na travessia do rio Âncora (mais longe e para o interior), a chamada Ponte da Torre serviu em tempos...
  • Ponte da Veiga
  • A Ponte da Veiga, de pequenas dimensões com um só arco ligeiramente quebrado, atravessa o rio Sousa na estrada que liga Rio a Cachada.
  • Uma ponte assente em dois arcos diferentes
  • Mais uma ponte antiga sobre a ribeira da Arga de Baixo, embora atualmente com pouco uso continua resistente a cumprir a função para que foi construída.
  • A estrada municipal 508 vai levar o visitante a uma situação interessante, em que o cruzamento se encontra precisamente no centro da ponte com três entradas.
  • A ponte foi construída no ano de 1608, no reinado dos Filipes, para substituir uma outra ali existente da era romana, de que restam apenas alguns vestígios. Uma construção em cantaria, formada por...
  • Permitia a passagem sobre o rio Vade e fazia parte de um percurso medieval que unia Braga à Galiza.
  • A ponte de Alcource, que atravessa o rio com o mesmo nome, faz parte da Via Real que ligava Santarém a Coimbra e que passava por Golegã, Tomar e Pombal.
  • Classificada pelos habitantes do concelho como uma das sete maravilhas, a ponte de Anhel, que atravessa o rio Neiva, faz a ligação da estrada Nacional 306 que liga Braga a Viana do Castelo.