Nossa Senhora do Carmo

Nossa Senhora do Carmo, ou Nossa Senhora do Monte Carmelo ou ainda Nossa Senhora do Monte, é um título dado a Maria, Mãe de Jesus, para lembrar o convento construído no Monte Carmelo, em Israel, no início do cristianismo.

  • Pequeno templo, de planta longitudinal, de nave única e retangular encimada com a torre sineira. Tem como dedicação Nossa Senhora do Carmo.
  • Situada no centro da vila, a Capela de Nossa Senhora do Carmo é um edifício do séc.XVIII e que se incorpora na denominada Casa Grande ou da Casa dos Almeidas.
  • A Capela de Nossa Senhora do Carmo é uma capela moderna, na localidade de Fontão, construída na década de 1980.
  • Situado no Jardim ou Largo do Carmo, o Chafariz Renascentista, do séc. XVI, com três taças, enquadra-se com os Palácios e Convento do Carmo.
  • Fundado em 1550 por Pedro Fernando, escrivão da Câmara da Rainha D. Catarina, o Convento de Nossa Senhora do Carmo fica situado a cerca de um quilómetro de Lagoa.
  • O Convento de Nossa Senhora do Carmo foi edificado para uma comunidade de freiras Carmelitas em meados do século XVI pelo Padre Cristovão Dias.
  • A sua edificação foi possivelmente em 1560 ou 1565 quando D. Francisco de Melo, Senhor da Vila, mandou erguer o convento feminino de Carmelitas Descalças.
  • Igreja do Carmo ou de São João Batista, construída no século XVII em estilo maneirista, pertencia ao antigo Convento das Carmelitas Descalças.
  • Fundado no século XIII (1251), apresenta uma construção do estilo gótico. O seu interior tem três naves e seis tramos, tendo sofrido algumas alterações do original.
  • Datado do século XVIII, o templo é um dos mais sumptuosos do Algarve, querendo rivalizar com o Convento dos Frades Descalços que naquele tempo se encontrava em construção.
  • Igreja da Ordem Terceira do Carmo, foi construída no século XIX onde existia uma anterior Capela de Santo António Velho, que foi destruída principalmente devido às Invasões Francesas.
  • Esta igreja de arquitetura maneirista e barroca foi edificada no século XVIII, sofrendo alterações ao longo dos anos.
  • Situada no Largo de Santa Cristina, este templo foi edificado no séc. XVIII, como Venerável Ordem do Carmo.
  • Mais outro conjunto conventual que seguiu a linha de construção das Igrejas Conventuais Carmelitas, com uma planta de cruz latina de transepto reduzido e as naves com capelas comunicantes cobertas...
  • A Igreja de São João Evangelista das Carmelitas surgiu através do Convento das Carmelitas Descalças, sendo iniciado em 1610 como residência de D. Brites Lara.
  • A Igreja do Carmo é uma das muitas que atualmente se resume só ao templo religioso, mas pertenceu no início ao conjunto conventual dos Carmelitas.
  • Esta Igreja do Carmo é considerada notável e constitui uma das mais importantes manifestações estéticas do património religioso e artístico da região algarvia.
  • A data provável deste templo original remonta a 1570, sendo a fachada da segunda metade do séc. XVIII.
  • O Colégio de Nossa Senhora do Carmo foi edificada em 1540 pelo D. Frei Baltazar Limpo, então Bispo do Porto, com a finalidade de receber o clérigo para estudar na Universidade de Coimbra.
  • A Igreja do Carmo, de estilo barroco/rococó, foi construída entre os anos 1756-1768. A Igreja dos Carmelitas Descalços, começou a ser construída em 1616 e foi terminada em 1628.