Capela da Misericordia
Fachada da Capela

Inicialmente esta Capela surgiu com o nome de Nossa Senhora da Conceição, que entretanto não deixa de estar ligado à história da Misericórdia da Murça. Isto deve-se ao conturbado percurso que esta confraria conheceu desde o século XVII, onde se destaca o prolongado interregno das suas actividades regulares.

De desconhecido ano da fundação, está o portal referenciado no ano de 1692, o que faz pensar que a instituição pertence a uma época anterior, situando a construção do templo entre os finais do século XVII e princípios do XVIII. É que, em 1717, foi enviado um documento da confraria a D. João V, a fim de obter privilégios que os Reis concediam a estas instituições, mostrando assim que a Capela de Nossa Senhora da Conceição não se encontrava ainda disponível, possivelmente devido à sua situação financeira.

Ao longo do século XIX há notícias de uma forte degradação da capela, sendo motivo de uma comissão de salvaguarda, mas mesmo assim não teve a repercussão que deveria ter, pois continuaram as críticas ao seu estado de conservação. E pelos vistos, este é o problema que agora este imóvel ainda sofre.

Situada na zona histórica de Murça, apresenta uma fachada barroca profundamente decorada. O portal é de linhas retas flanqueadas por pilastras e por dois pares de colunas torsas com pâmpanos e aves esculpidas, unidos por um friso de motivos geométricos, que suporta o frontão de aletas. No tímpano do frontão que coroa o alçado, a Imagem de Nossa Senhora da Conceição recorda a invocação da Capela.

No seu interior de nave única, apresenta abóbada pintada a fresco, púlpito e cadeirais de madeira para os mesários, com espaldar esculpido e pintado. Em cada lado, dois arcos de volta perfeita delimitam as capelas com retábulos de talha dourada e de tribuna pintada.

Esta capela, apesar de estar em mau estado de conservação, está classificada como Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 41 24.209' W 007 27.289'  (41.40348, -7.45482)

Temas / Tags

Murça, publicado em por