São Martinho

São Martinho, ou Martinho de Tours, nasceu por volta de 316 na cidade de Savaria, que se situava na atual Hungria. Ordenado bispo de Tours em 371, fundou o mosteiro de Marmoutier onde viveu na reclusão. Morreu em oito de novembro de 397 em Candes e foi sepultado em onze de novembro em Tours.

  • A Capela de S. Martinho é um templo funerário familiar que foi edificado por Pero Fernandes, não se sabendo ao certo a data de construção.
  • A Capela de São Martinho, na povoação de Ateanha, antiga igreja matriz de quando Ateanha era paróquia, é composta por nave única e capela-mor.
  • Capela românica, cuja construção data, provavelmente, do século XII / XIII, uma lenda local atribui a sua fundação a D. Fuas Roupinho.
  • Uma fonte decorada com azulejos, com a data de 1943, situa-se no nível abaixo da estrada, de frente para o Rio Vouga.
  • Com data de construção anterior a 1120, apresentando uma planta longitudinal composta por uma só nave e uma capela-mor retangular.
  • Proveniente do Mosteiro de São Martinho de Manhente, apenas o que resta é a Igreja e a Torre, consideradas como uma das maiores obras precoces do Românico Português.
  •   Este templo foi construído em homenagem ao Santo, uma vez que foi levantado por iniciativa dos populares devido a estes terem encontrado a imagem junto da muralha islâmica, em...
  • Coordenadas GPS: N 41 20.393' W 008 10.189'
  • Fotos diurna e noturna da Igreja de S. Martinho da Cortiça
  • Igreja de S. Martinho de Cedofeita é mais conhecida como Igreja Românica de Cedofeita, sendo considerada a mais antiga do Porto.
  • A Igreja de São Martinho, do início do século XII, está muito alterada em relação à original embora mantendo alguns vestígios do tardo-românico.
  • A edificação desta igreja começou no ano de 1764, mas só ficou completa no ano 1867 com a finalização da torre sineira.
  • A Igreja Paroquial ou Matriz de Aguada de Baixo, dedicada a São Martinho, é um templo maneirista do final do século XV composto pela nave e capela-mor mais estreita e baixa.
  • A Igreja Matriz de Espiunca ou de São Martinho foi edificada em 1794, mas cedo sofreu obras de restauração no ano de 1809. Em 1945 o então padre da paróquia construiu uma nova.
  • Fachada frontal e lateral Não há qualquer menção sobre este templo, somente que é dedicado ao São Martinho, e que, no seu interior, o destaque vai para os seus cinco altares contornados com...
  • Está datado do século XV, mas a sua história remonta a muitos séculos, ao ponto da arqueologia ainda não ter conseguido as suas verdadeiras origens.
  • Conhecida como Igreja de São Martinho, foi edificada no séc. XVI com uma estrutura longitudinal formada por três naves com quatro tramos, cujos arcos se apoiam em colunas jónicas.
  • É conhecida como Igreja Paroquial de São Martinho de Ruivães, pois o São Martinho é o Orago da terra.
  • Igreja de construção do século XIV de origem românica e reestruturada no século XVI, tem interior de três naves com púlpito renascentista adossado à nave central.
  • A Igreja de São Martinho de Candoso não tem provas de relevo que sustentem a data cronológica, sabendo-se apenas que em 1043 o templo religioso já existia.