Percurso do Vale do Sousa

  • A Capela da Senhora da Piedade, antigamente uma ermida sob o nome de Virgem da Piedade, situa-se próximo da localidade de Quintã, freguesia de Baltar.
  • Castelo dos Mouros ou de Moreira, pertence à época Medieval, a sua construção remonta ao final do século X e início do século XI.
  • Esta capela foi erguida num local ermo no final do séc. XV ou início do séc. XVI, no românico de resistência, vendo-se no exterior os contrafortes dos ângulos da cabeceira, típico dessa época.
  • Esta igreja da época românica pode datar do final do séc. XIII ou início do século seguinte, tendo em conta os elementos do portal ou da cabeceira.
  • A fundação desta Igreja de Santa Maria de Meinedo data do final do séc. XIII, início do séc. XIV. De nave única retangular, é coberta por madeira de duas águas.
  • A Igreja de São Mamede de Vila Verde está situada num local elevado em frente a uma bela paisagem do vale de Vila Verde.
  • A Igreja de São Pedro de Ferreira pertence ao Mosteiro com o mesmo nome. Datado do final do século XII, trata-se de um edifício notável de construção do românico de cariz rural.
  • A Igreja de S. Vicente de Sousa situa-se no lugar de Sousa, sendo o adro circundado por um muro baixo a que se acede por uma pequena escada de 3 degraus.
  • Esta Igreja do Divino Salvador de Aveleda é de construção românica tardia, possivelmente do final do séc. XIII ou início do séc. XIV.
  • Esta igreja foi dedicada em 1165, conforme registado numa inscrição na parede da igreja. Além desta inscrição, a referência mais antiga que se conhece é posterior a 1220.
  • O Memorial da Ermida estava situado junto da estrada medieval que ligava Porto a Paço de Sousa, e devido às novas vias teve que ser transladado para o atual lugar.
  • Sendo a Igreja do Mosteiro também a Matriz de Paço de Sousa, é conhecida como Igreja do Salvador. Está incluído na Rota do Românico.
  • Implantado num vale com uma paisagem impressionante, este é um dos mais importantes mosteiros beneditinos. A sua primeira referência conhecida é de 1099.
  • Com outras designações como Igreja de São Pedro de Cete, Igreja Paroquial do Mosteiro de Cete e Mosteiro de Cete, é mais um belo e magnífico exemplar românico, sendo considerado um dos mais antigos...
  • A Ponte da Veiga, de pequenas dimensões com um só arco ligeiramente quebrado, atravessa o rio Sousa na estrada que liga Rio a Cachada.
  • Esta ponte, no lugar de Espindo de onde tomou o nome, atravessa o Rio Sousa, ligando Bustelo, do concelho de Penafiel, a Meinedo, do concelho de Lousada.
  • A Ponte de Vilela está situada na freguesia de Aveleda, perto da localidade de Vilela, permitindo atravessar o rio Sousa.
  • Com 14 metros de altura e 5 pisos, esta torre insere-se sobre um afloramento granítico numa pequena elevação, constituindo um posto militar de observação sobranceiro a toda a região.
  • A torre, situada num local rodeado de montes e por isso com pouca visibilidade e difícil acesso, é o que resta de uma construção fortificada.
  • A Torre dos Alcoforados é uma torre com 8,60 metros de altura, construída pelo menos na segunda metade do séc. XIII, sobre um afloramento granítico.