Situada numa pequena elevação, no monte de Santa Margarida, e gozando de uma localização privilegiada, esta capela foi construída no início do século XVIII e com o apoio monetário do então Arcebispo D. Rodrigo Moura Teles.

Construção

Capela de Nossa Senhora de Guadalupe
Escadaria de entrada
Capela de Nossa Senhora de Guadalupe
Jardim envolvente

Situada numa pequena elevação, no monte de Santa Margarida, e gozando de uma localização privilegiada, a capela ali existente tinha como invocação a Santa com o mesmo nome. Contudo, no início do século XVIII e com o apoio monetário do então Arcebispo D. Rodrigo Moura Teles, a capela de Santa Margarida acabou por ser demolida para a construção de uma outra.

No mesmo local edificou-se então uma nova capela sob a inovação de Nossa Senhora de Guadalupe, pois a Confraria com o mesmo nome era a mandatária desta edificação.

Descrição

Assim a nova capela, datada de 1725, desenvolve-se numa planimetria e volumetria surpreendente, em que a planta é centralizada e contornada por semicírculos.

A fachada semicircular é composta por três arcos de volta perfeita interligados por três pedras. O arco central é encimado por um nicho com a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe ladeado por volutas e rematado por um frontão triangular. Nas laterais apresenta uma janela de moldura reta em cada lado.

Classificação

Muito recentemente ficou classificada como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 33.205' W 008 25.094'  (41.55342, -8.41823)

Temas / Tags

Braga, publicado em por