Capela de Nossa Sra das Dores
Capela de Nossa Sra das Dores

Datada do decorrer do século XVIII, a capela dedicada a Nossa Senhora das Dores tem na sua fachada o seu expoente máximo marcado pela seu sentido forte da verticalidade de um estilo barroco, inserindo-se assim na tradição barroca do norte do país.

As pilastras molduradas e com capitéis coríntios ladeiam o portal no primeiro registo e são prolongadas em altura através de molduras, no frontão, e de pináculos sobre plintos, que rematam o registo superior da fachada. Os motivos decorativos circunscrevem a janela e as zonas enquadradas pelas pilastras.

No eixo frontal, formado pelo portal, de moldura de linhas retas e janela curvilínea, inscreve-se no tímpano frontão, o brasão das armas de família a que pertencia a capela. O frontão contracurvado é rematado ao centro por uma cruz latina.

No interior, destaca-se o altar de talha barroca em tons de branco e dourado. Encontra-se num plano superior em  relação à capela-mor, sendo o acesso feito através de três degraus de planta semicircular. O coro alto apresenta uma balaustrada também de talha branca, tal como o púlpito. Ambos partilham uma escadaria de acesso entre a nave e a sacristia.

Está classificada como Imóvel de Interesse Público.

Coordenadas GPS: N 41 17.365' W 007 42.344'  (41.28942, -7.70573)

Temas / Tags

Arroios, publicado em por