Igreja de São Pedro de Abragão
A Igreja de Abragão é referida num documento de 1105, na doação por Paio Peres Romeu da quarta parte da igreja de "Sancto Petro de Auregam" ao Mosteiro de Paço de Sousa.
Igreja - fachada oeste
Fachada oeste
Igreja - friso oeste
Inscrição

No entanto a reedificação da igreja foi devida, segundo a tradição, a D. Mafalda, filha do rei D. Sancho I, no século XIII.

Igreja - capela-mor e friso
Friso exterior
da capela-mor

Conserva unicamente a cabeceira e o arco cruzeiro da construção original, um bom exemplo da arquitetura românica da região, mostrando desse estilo, no exterior, um friso de motivos geométricos.

 
Igreja - fachada sul
Igreja - fachada sul
Igreja - fachada sul

A fachada principal, bem como a nave, são resultantes da reconstrução da segunda metade do século XVII, nomeadamente do ano de 1668, sob o estilo maneirista, enquanto no interior se encontram elementos de estilo barroco nos retábulos do altar-mor e dos altares laterais e em outras paredes.

A igreja é uma construção de planta longitudinal com nave a capela-mor retangular coberta por uma abóbada de arco quebrado onde está um retábulo barroco. A capela-mor mostra decoração vegetalista, sendo o arco triunfal encimado por uma rosácea em forma de estrela de cinco pontas.

Igreja - fachada norte
Igreja - fachada norte
Igreja - fachada norte
 
Igreja - torre

Em obras que ocorreram no Centro Cívico de Abragão foram descobertos elementos que pertenciam à primeira fase da igreja e nas paredes do edifício existem várias peças que também lhe pertenciam, nomeadamente da nave.

Ali se encontraram capitéis, bases, aduelas e fustes, todos pertencentes a um portal, possivelmente o portal principal da igreja. A dimensão da rosácea, bem como outros elementos, fazem supor que a igreja original tinha uma dimensão bastante maior que a atual.

Em 1820 é acrescentada a torre sineira e em 1845 a igreja foi de novo restaurada por já ameaçar ruína.

 
Igreja S. Pedro Abragão
Igreja S. Pedro Abragão
Foto antiga e foto de interior inserida com a
devida autorização da Rota do Românico

Rota do Românico

Em 1998 a igreja foi integrada na Rota do Românico do Vale do Sousa. Posteriormente foi mudada para o percurso do Vale do Tâmega. Em 2004 / 2005 teve trabalhos de conservação e melhoramentos, pela Rota do Românico, bem como o arranjo urbanístico do espaço envolvente.

A Igreja de São Pedro de Abragão faz parte da Rota do Românico, sendo o número 20 no Percurso do Vale do Tâmega.

Classificação

A igreja foi classificada como Monumento Nacional em 1977.

Veja outros pontos de interesse
nesta localidade Abragão
ou neste concelho Penafiel
Outras localidades deste concelho Penafiel

Localização

Coordenadas GPS: N 41 09.435' W 008 13.351'  (41.15725, -8.22252)

Temas / Tags

Abragão, publicado em por