Esta igreja foi fundada em 1576 por D. Sebastião devida à "Peste Grande" em 1569, em paralelo com outra capelas dedicadas ao mesmo santo, o "Protetor das Pestes".

História

Igreja do Mártir S. Sebastião
Recinto e fachada

Sendo no início em estilo maneirista, foi totalmente reconstruída após a destruição pelo terramoto de 1755.

Descrição

Igreja do Mártir S. Sebastião
Lado esquerdo
Igreja do Mártir S. Sebastião
Capela-mor
Igreja do Mártir S. Sebastião
Lado direito

A igreja é composta por dois corpos retangulares, a nave única e a capela-mor. A fachada inclui o portal de moldura retangular encimado por uma janela também em moldura retangular. O conjunto é sobreposto pelo frontão em volutas.

A nave é coberta por caixotões de madeira, enquanto a capela-mor é em abóbada de canhão decorada com relevos em estuque pintado. Separa-os o arco triunfal que assenta em pilastras com capitéis.

Salienta-se o retábulo rocaille, em talha dourada e policromada, na capela-mor, encimada pelo escudo da vila. Ao centro mostra a imagem do padroeiro, do século XVIII.

No lado de fora da capela, e junto à capela-mor, foi construída uma fonte encimada por uma lápide com o brasão de armas de D. Sebastião.

O Museu

Igreja do Mártir S. Sebastião
Igreja do Mártir S. Sebastião
Igreja do Mártir S. Sebastião
Igreja do Mártir S. Sebastião
Igreja do Mártir S. Sebastião

Entre as décadas de 1970 e 1990 esta capela foi utilizada como capela mortuária, tendo em 1997 diversas obras de adaptação e restauro para se adaptar o espaço a museu.

Desde julho de 2001 é o Núcleo Museulógico de Arte Sacra e contém a exposição "Vila Franca de Xira – Formas de Devoção", com diversos artigos de devoção e de arqueologia.

Classificação

Está classificada como Imóvel de Interesse Municipal desde 1993.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 57.461' W 008 59.287'  (38.95768, -8.98812)

Referências

Temas / Tags

Vila Franca de Xira, publicado em por