São Sebastião

São Sebastião foi um mártir francês e santo cristão. Alistou-se no exército romano por volta de 283 d.C. para espalhar a doutrina cristã e foi condenado como traidor pelo imperador Diocleciano que ordenou a sua execução por meio de flechas, sendo por isso este o modo como é representado.

  • Situado no largo João Paulo II, o aqueduto foi edificado por volta de 1570, a mando de D. Sebastião, para transportar a água da cidade alta para a colina que se apresentava à sua frente, onde seria...
  • Esta capela foi construída em 1505, sendo dedicada a São Sebastião. Tendo acolhido a imagem de Nossa Senhora da Saúde em 1662, ficou a partir daí com essa designação.
  • Esta capela situa-se no centro histórico da Vila de Prado e no largo que se denomina de São Sebastião, nome com ligação à capela anterior à atual que pertencia à casa de Azevedo.
  • Esta capela situa-se junto da estrada N308 à saída de Deilão para norte, em direção a Rio de Onor.
  • Esta capela é dedicada a S. Sebastião, e fica situada à beira da estrada na saída norte de Rabal a caminho de França.
  • Situada na Rua de São Sebastião, é uma pequena capela de uma só nave com a porta com arco abatido ladeada por duas pequenas janelas.
  • Com modificações nos séculos XVII a XIX, a Capela de São Sebastião é também a Igreja da Misericórdia de Anadia.
  • Esta Capela, no centro histórico da Lourinhã, não tem qualquer resenha histórica. No interior do retábulo da capela-mor existe a data de 1730, provavelmente da edificação desta capela.
  • Não há informações sobre esta capela. Tem por cima da porta principal uma placa com o ano de 1995, talvez o ano da sua construção.
  • Localizada próximo da Igreja do Convento de São José, é uma pequena capela que mostra por cima da porta um nicho com a imagem de São Sebastião.
  • Crê-se que esta capela foi construída entre os séculos XVI e XVII. De estilo barroco, tem a sua planta retangular simples, com um telhado de duas águas e um frontispício rematado por um campanário.
  • Capela situada no largo com o mesmo nome, à entrada da aldeia de Rua, freguesia de Aboadela.
  • Uma pequena capela dedicada ao mártir São Sebastião, contém no seu exterior elementos decorativos barrocos e, no nicho da fachada, a imagem do Santo.
  • A Capela de São Sebastião, do século XVII, é constituída por nave e capela-mor mais baixa e estreita. No início do século XX foi revestida a azulejo.
  • A Capela de S. Sebastião, do século XVII, mostra a porta principal de verga reta sobreposta por um nicho e ladeada de duas janelas retangulares gradeadas.
  • A Capela de São Sebastião apresenta uma planta longitudinal simples, de uma fachada também simples, com abertura da porta principal de molde retangular.
  • Situada na parte histórica da vila, esta capela barroca apresenta uma planta longitudinal de uma só nave.
  • Situada no centro do largo com a mesma denominação, este pequeno templo religioso do início do século XVI faz parte do conjunto do Paço do Lumiar.
  • Na saída da Aldeia Galega da Merceana para a Aldeia Gavinha, a Capela de São Sebastião está situada numa bifurcação da estrada e perdida na sua resenha histórica e cronológica.
  • Não há muitos dados referentes sobre esta capela, somente que é uma capela de arquitetura maneirista.