Este Templo é datado de 1660, a mando de um nobre de nome D. Diogo Gonçalves por testamento para um colégio da companhia de Jesus.

História

Convento do Colégio dos Jesuítas
Fachada principal

Convento do Colégio dos Jesuítas ou Igreja da Misericórdia.

Este templo é datado de 1660, a mando de um nobre de nome D. Diogo Gonçalves por testamento para um colégio da companhia de Jesus, na condição de ficar sepultado na capela-mor da sua Igreja.

Ao contrário das construções Jesuíticas, este edifício assumia plenamente o barroco. Tarde demorou a sua construção, tendo sido a sua sagração em 1707. Com o terramoto de 1755 sofreu alguns danos, destacando as abóbadas, o que contribui para uma refeitura da fachada principal.

Entretanto com a extinção da Ordem este, como muitos outros templos em Portugal, começou a mudar de mãos. Começou em 1774, nas mãos de D. José, que o entregou à Universidade de Coimbra. Mais tarde, a Rainha D. Maria pretendeu instalar a Ordem de São Camilo de Leis, ordem esta que chegou a tomar posse em 1780.

Com a extinção das Ordens Religiosas o imóvel começou em declínio, chegando à ruína. Com isto, o edifício foi repartido por várias instituições da cidade, entre as quais a Ordem de São Francisco que fez, numa das alas, o Hospital e a Misericórdia.

Classificação

Está classificado como Imóvel Municipal.

Localização

Coordenadas GPS: N 37 08.363' W 008 32.254'  (37.13938, -8.53757)

Temas / Tags

Portimão, publicado em por