A Torre da Porta Nova é a estrutura mais evidente dos vestígios das muralhas que a cidade de Barcelos possui da época medieval.

Origem

Torre da Porta Nova

Foi nos finais desta época medieval que o burgo de Barcelos se cercou de muralhas por iniciativa de D. Afonso, das quais o Paço dos Duques de Bragança não se podia dissociar.

Ainda no decorrer da época medieval, no contexto da centralidade das vias, Barcelos era o ponto de passagem entre o norte/sul e este/oeste. Esta localização traduziu-se num fluxo populacional e de recursos económicos e comerciais, e com isto a necessidade deste burgo ser amuralhado, e principalmente depois da construção da ponte.

Descrição

Torre da Porta Nova

Assim, numa construção de perfil oval, em que tinha na ponte o ponto de início e fim, são adossadas quatro torres quadrangulares relativas a outras tantas portas que ligavam às principais vias de acesso dos diferentes pontos cardeais.

A sul, que liga à ponte, era a passagem mais importante do burgo. A noroeste, a porta do Vale que dava acesso ao caminho para Esposende. A terceira, de dimensões menores que as outras três, localizava-se a leste da ponte, numa zona de fácil acesso ao rio, e que protegia o postigo do Pessegal que ligava o interior do burgo à Fonte da Vila. Finalmente a nordeste, com a Porta Nova ou Cimo da Vila, que dava acesso ao caminho para Viana do Castelo e Ponte de Lima.

De planta quadrangular de quatro andares, a Torre da Porta Nova ou do Cimo da Vila, ou até mesmo Postigo da Muralha, espelha a dimensão defensiva que Barcelos adquiriu no século XV.

Classificação

Apenas restando esta torre, está classificada como Monumento Nacional desde 1926.

Localização

Esta torre está situada entre o Largo da Porta Nova e o Jardim das Barrocas, na parte antiga da cidade.

Coordenadas GPS: N 41 31.847' W 008 37.186'  (41.53078, -8.61977)

Referências

Temas / Tags

Barcelos, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Casa dos Machado da Maia
Barcelos
(34 m SW)

Largo da Porta Nova
Barcelos
(54 m NE)

Jardim das Barrocas
Barcelos
(79 m NE)

Igreja de Bom Jesus da Cruz
Barcelos
(102 m NE)

Rua Principal
Barcelos
(195 m SW)

Monumento Nacional


Castelo de Pena de Aguiar
Castelo, Vila Pouca de Aguiar

Ponte Românica de Vilar de Mouros
Vilar de Mouros, Caminha

Chafariz da Esperança
Estrela, Lisboa

Muralhas


Pano da Muralha
Torre de Moncorvo

Muralha Medieval
Torres Vedras

Castelo
Castelo de Vide

Portas da Cidade ou do Castelo

Século XV


Torre de Menagem ou de Vigia


Torre de Bias
Fuseta, Olhão

Torre de Menagem
Marialva, Mêda

Castelo de Arnóia
Arnóia, Celorico de Basto

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Azeitão, Setúbal

Igreja de S. Simão
Azeitão, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Aqueduto das Águas Livres


Aqueduto da Venteira
Venteira, Amadora

Aqueduto do Olival do Santíssimo
Almargem do Bispo, Sintra

Aqueduto em São Domingos
São Domingos de Benfica, Lisboa

Aqueduto na Mina de Água
Mina de Água, Amadora

Estilo Rococó

Imóvel de Interesse Público


Pontes Romanas


Ponte Romana
Idanha-a-Velha, Idanha-a-Nova

Ponte Romana
Vide, Seia

Ponte Romana
Aldeia da Ponte, Sabugal

Ponte Romana
Vermiosa, Figueira de Castelo Rodrigo

Sepulturas


Alto do Senhor da Boa Morte
Vila Franca de Xira

Arcas Tumulares
Cete, Paredes

Estação arqueológica
Alcalar, Portimão

Igreja de Santa Maria
Verim, Póvoa de Lanhoso

Solares


Alto do Senhor da Boa Morte
Vila Franca de Xira

Antigos Paços do Concelho
Vila de Prado, Vila Verde

Casa Senhorial
Bornes, Macedo de Cavaleiros

Século XVI

Século XVII


Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão