São Bartolomeu

São Bartolomeu foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo. Segundo fontes históricas, terá viajado até à Índia onde pregou o cristianismo. As suas relíquias estão em Roma, na Igreja que lhe é dedicada.

  • Esta Capela do Santo Cristo das Chagas está situada num pequeno largo no qual existe um cruzeiro que possivelmente pertence à mesma época.
  • Capela de São Bartolomeu, existe a possibilidade de pertencer aos sécs. XVI ou XVII, datas a que correspondem muitos outros templos da região.
  • Datada do séc. XVI, é formada por uma nave e uma capela-mor. Estas estão definidas por contrafortes e um alpendre aberto, encimado por um sino.
  • Uma capela do século XVIII situada no final de uma rua no extremo norte da localidade, em que se destaca a grande escadaria que antecede a porta retangular e a sineira a truncar a empena.
  • Construída no século XVI, é uma pequena capela circular Esta capela abre no dia de São Bartolomeu, em 24 de agosto.
  • O Convento do Grilo, fundado do século XVII, também é designado por Convento de Nossa Senhora da Conceição do Monte Olivete.
  • Uma fonte situada próximo da capela com o mesmo nome, duas bicas em carrancas vertem água para um tanque retangular. Uma gravação no espaldar da fonte refere a data de construção de 1758, e a...
  • A Igreja de S. Bartolomeu, matriz de Castanheira do Ribatejo, uma igreja do do século XVI, foi mandada construir pelo primeiro Conde de Castanheira, D. António de Ataíde.
  • Num dos extremos da Praça do Comércio encontra-se a Igreja de São Bartolomeu, um dos templos mais antigos da cidade de Coimbra, desconhecendo-se totalmente a data da primitiva edificação. Contudo,...
  • A Igreja Matriz de Troviscal, dedicada a São Bartolomeu, mostra por cima da porta principal a data de 1767, sendo por isso uma construção do século XVIII. A fachada é aberta pela porta principal...
  • A Igreja de São Bartolomeu pertence a uma povoação bastante antiga que remonta ao tempo do neolítico, tendo sido encontrados neste recinto vestígios dessa antiguidade.
  • Situada no ponto mais alto da aldeia, a atual Igreja Matriz tem como patrono São Bartolomeu, e assim se manteve desde o templo primitivo que remonta ao período anterior a 1543.
  • Conhecida através do seu orago, Igreja de Nossa Senhora das Candeias e São Bartolomeu, é uma igreja medieval de estrutura pequena.
  • A Igreja Matriz de Pechão, dedicada a S. Bartolomeu, foi construída sobre uma ermida dedicada ao mesmo santo, no séc. XV.
  • Esta igreja dedicada a São Bartolomeu é datada do século XVI, sob estilo manuelino. Apresenta uma fachada barroca, de paredes brancas e cantarias em grés vermelho.
  • A edificação primitiva da igreja corresponde ao séc. XIV, época em que foi mencionada na relação das igrejas pertencentes à Ordem de Cristo.
  • Esta Igreja de São Bartolomeu apresenta uma planta longitudinal composta por uma nave e capela-mor retangular, capela lateral e sacristia adossada.
  • Um belo e simples exemplar da arquitetura românica nos templos religiosos no interior do País, em que a sua cronologia remonta aos finais do românico, possivelmente entre os séculos XIII e XIV.
  • Situado muito perto da Igreja Matriz da qual recebeu o nome, o poço de São Bartolomeu servia de bebedouro aos animais.