Situada na rua com o mesmo nome, a Igreja Paroquial de São Vitor, do século XVII, é considerada por muitos entendidos como um dos primeiros exemplares, senão o primeiro, como uma verdadeira obra de arte bem concebida sob a arquitetura maneirista.

Construção

Igreja de S. Vitor
Rua de acesso
Igreja de S. Vitor
Fachada frontal

Templo religioso que tem como data de iniciação o ano de 1686, por ordem do Arcebispo D. Luís de Sousa, é o testemunho resultante de uma obra bem pensada e executada.

Estrutura

Igreja de S. Vitor
Fachada sul e
torre sineira

Foi construída sobre um plano longitudinal, como são os volumes retangulares como a nave, a capela-mor, a sacristia lateral e a torre. Este segue a linha dos templos religiosos de Braga em que a torre se situa nas traseiras dos templos.

Desenvolvida longitudinalmente com planta retangular, é formada por nave e capela-mor retangulares e a torre sineira adossada ao segundo volume, com a sacristia adossada na lateral.

Fachada

Igreja de S. Vitor
Fachada oeste e sul

A fachada, seguindo a linha do bom exemplo barroco, é delimitada por cunhais de pilastras. Apresenta o portal principal em verga reta, sobrepujado de entablamento que termina com um frontão triangular. Este conjunto está ladeado por dois nichos, que albergam imagens de dois Arcebispos, e encimado por uma janela oval.

A fachada remata com um frontão triangular, em que ao centro se encontra o brasão do Arcebispo, o responsável pela edificação do templo. Está ladeado por pináculos piramidais e ao centro eleva-se uma cruz cardinalícia.

Interior

Igreja de S. Vitor - interior
Nave - Altar-mor
Igreja de S. Vitor - interior
Nave - Coro
Igreja de S. Vitor - interior
Altar-mor

À semelhança da Igreja de São Vicente, esta igreja tem um extraordinário interior da talha dourada dos altares laterais, dos púlpitos, e as sanefas dos varandins das janelas. Estes elementos conjugam com o revestimento de azulejos azuis e brancos da nave e capela-mor, sendo estes últimos considerados como o primeiro conjunto executados em Portugal.

Igreja de S. Vitor - interior
Altares laterais
Igreja de S. Vitor - interior
Altares laterais
e órgão de tubos
Igreja de S. Vitor - interior
Pia batismal

Os dois volumes estão cobertos por caixotões de madeira. A nave é completada com um coro-alto com órgão lateral, três altares de cada lado e dois púlpitos.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público

Localização

Coordenadas GPS: N 41 33.162' W 008 24.809'  (41.55270, -8.41348)

Referências

Temas / Tags

Braga, publicado em por