Edifício da primeira metade do século XVIII, considerado um dos exemplares mais representativos da arquitectura barroca da cidade de Viseu.

Origem

Solar do Visconde de Treixedo
Fachada do Solar

Edifício da primeira metade do século XVIII, é considerado um dos exemplares mais representativos da arquitetura barroca da cidade de Viseu.

O Solar, edificado como residência de cidade, originalmente pertencia à Família Almeida Cardoso Sequeira de Sousa. Passou posteriormente para as mãos da Viscondessa de Treixedo, nome pelo qual ainda hoje o edifício é conhecido.

Descrição

Com características da maioria das edificações da arquitectura civil da época barroca, este solar apresenta uma planta retangular. Desenvolve-se em dois pisos, mantendo as aberturas da fachada uniforme em molduras, sendo as do andar nobre de maiores dimensões que as do térreo, desenho mais recortado e remate em frontão.

As duas portas, uma em cada ponta do solar, apresentam molduras profusamente mais trabalhadas e rematadas pelos brasões das famílias proprietárias do imóvel, quebrando assim as linhas das janelas.

Atualmente este solar é propriedade do Estado, sendo ocupado pela Caixa Geral de Depósitos.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 39.507' W 007 54.667'  (40.65845, -7.91112)

Temas / Tags

Viseu, publicado em por