Vila Nova de Cerveira é das poucas populações que lhes foram atribuídas dois forais, o primeiro em 1321 por D. Dinis e o segundo em 1621 com D. Manuel.

Origem

Pelourinho de Cerveira

Vila Nova de Cerveira é das poucas populações que lhes foram atribuídos dois forais, em que o primeiro foi em 1321, outorgado por D. Dinis, e o segundo recebeu precisamente duzentos anos depois com D. Manuel, e com este foi levantado o atual pelourinho em 1547.

Por bem, está situado certamente no local inicial, dentro das muralhas e junto ao edifício da antiga cadeia e mais tarde Paços do Concelho, tendo sido reconstruído em 1598, e alterado em 1768. 

Descrição

Pelourinho de Cerveira

O Pelourinho ergue-se sobre três degraus quadrangulares e sobre estes um largo plinto que quase se confunde com um degrau, distinguindo-se apenas no talhe biselado das arestas.

É seguido do fuste esguio e liso, de forma octogonal, com o remate de troço quadrangular. Este sustenta um capitel paralelepipédico ornamentado com quatro escudos, exibindo as armas de Portugal e dos Viscondes de Vila Nova de Cerveira.

Entre o fuste e o capitel possui os quatro ferros de sujeição em cruz, terminados por serpes. O capitel é rematado por um chapéu cónico com oito faces encimado por um boleado.

Classificação

Este Pelourinho entrou em 1910 para o livro dos Monumentos Nacionais.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 56.435' W 008 44.700'  (41.94058, -8.74500)

Temas / Tags

Vila Nova de Cerveira, publicado em por