Igreja de Santa Quitéria
Fachada frontal
Igreja de Santa Quitéria
Fachada posterior
Igreja de Santa Quitéria - interior - altar-mor
Altar-mor
Igreja de Santa Quitéria - interior - coro
Coro-alto

Ligada a culto e a uma lenda, a Igreja de Santa Quitéria é edificada nos finais do século XVIII no seio da malha urbana da vila. O culto a Santa Quitéria deve-se à invocação desta Santa contra a raiva e loucura, remontando ao século XIII quando, e de acordo com a lenda, a imagem da Santa com poderes milagrosos aparecia num espigueiro da Quinta de São Brás.

Este templo terá sido erguido no mesmo local onde se erguera uma ermida em veneração à dita Santa Quitéria. Esta edificação deve-se à confraria com o mesmo nome, sob a proteção da D. Maria I, explicando por isso o traçado deste templo, e a um dos arquitetos mais significativos da época, Mateus Vicente.

Igreja de Santa Quitéria - azulejos
Azulejos
Igreja de Santa Quitéria - azulejos
Azulejos
Igreja de Santa Quitéria - azulejos
Azulejos

A Igreja de Santa Quitéria desenvolve-se em planta de cruz latina formada por única nave, em que a fachada principal se apresenta em galilé. Esta é formada por cinco arcos de volta perfeita, três centrais e dois laterais, encimados pela mesma quantidade de janelas, também em arcos de volta perfeita. Um friso está a separar da finalização de um frontão curvilíneo com um óculo quadrilobado no tímpano, ladeados por torres sineiras de remate bolboso.

O interior com uma só nave, com panos murários em cantaria, são ritmados por pilastras que enquadram os diversos altares, abertos em arcos de volta perfeita. Os retábulos são em mármore e exibem telas de diversas representações. No coro-alto, de planta contracurvada e limitado por balaustrada, encontra-se o orgão. A capela-mor exibe um retábulo de mármore e os panos murários são abertos por portas de frontão triangular e janelas.

Está classificado desde 1949, como Imóvel de Interesse Público

Coordenadas GPS: N 39 04.954' W 009 02.078'  (39.08257, -9.03463)

Temas / Tags

Meca, publicado em por