Esta escultura foi construída em estafe por ocasião da Exposição do Mundo Português de 1940. Foi feito de novo em betão armado e pedra entre 1958 e 1960.

Construção

Esta escultura foi construída em estafe por ocasião da Exposição do Mundo Português de 1940. Foi feito de novo entre 1958 e 1960 pelos escultores António Leopoldo de Almeida, Ângelo Cotinelli e António Pardal Monteiro, em betão armado e pedra rosal de Leiria.

Foi inaugurado em janeiro de 1960 pelas comemorações dos 500 anos da morte do Infante D. Henrique.

Descrição

A escultura representa um navio com três velas que avança pelo Rio Tejo. Inclui 32 figuras nas duas rampas laterais, que representam personalidades dos descobrimentos, mas também das letras e das artes, guerreiros e evangelizadores. Na proa está o Infante D. Henrique em destaque.

Todos apresentam indumentária típica da época dos descobrimentos, os séculos XV e XVI.

No paredão sobre as velas vemos as armas portuguesas do século XVI. A parte posterior do padrão, em toda a sua altura, representa uma espada decorada no punho com a Cruz de Avis. É na base desta espada que se encontra a porta de entrada para o monumento.

Atualidade

Desde 1985 contém um auditório e diversas salas para exposições temporárias. No topo da construção, para onde é possível subir, obtém-se uma bela vista sobre o Rio Tejo e a zona ocidental de Lisboa.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 41.623' W 009 12.337'  (38.69372, -9.20562)

Referências

Temas / Tags

Belém, publicado em por

 


Os Mais Próximos


Centro Cultural de Belém
Belém, Lisboa
(270 m NW)

Jardim da Praça do Império
Belém, Lisboa
(290 m N)

Mosteiro dos Jerónimos
Belém, Lisboa
(419 m N)

Museu Nacional da Arqueologia
Belém, Lisboa
(442 m NW)

Museu da Marinha
Belém, Lisboa
(465 m NW)

Museus e Galerias de Exposição

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Estilo Barroco

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Jardins e Parques Verdes

Nossa Senhora da Ajuda

O Românico na Europa e em Portugal


Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Capela das Almas
Viana do Castelo

Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Século IX


Igreja de Santa Maria da Visitação
Castro Laboreiro, Melgaço

Mosteiro de Santa Maria de Júnias
Pitões das Júnias, Montalegre

Século XIX


Século XVI