Esta torre medieval de Penegate, criada com fim exclusivamente militar, serviu para a defesa de Mem Rodrigues de Vasconcelos, companheiro de armas de D. Dinis, de quem na altura ocupava o cargo de meirinho-mor.

História

Torre de Penegate
Torre de Penegate

Esta torre medieval de Penegate do século XIV teve a sua origem exclusivamente para uso militar. Foi criada para a defesa de Mem Rodrigues de Vasconcelos, companheiro de armas de D. Dinis, de quem na altura ocupava o cargo de meirinho-mor.

Foi construída na região entre o rio Homem e o rio Cávado, onde se tornava difícil a imposição real, por causa da ação contestatária de Pedro Anes de Vasconcelos, tio do Mem Rodrigues de Vasconcelos, à autoridade real.

Esta Torre de Penegate vê-se envolta na existência de uma possível torre românica ou proto-românica anterior. Teve a sua primeira referência do topónimo em 1604 em substituição de uma outra designação de Penela, estando o nome de Penegate associado a um afloramento granítico de difícil acesso (Pena).

Na verdade da existência anterior dessa possível torre românica, a iniciativa foi atribuída a D. Egas de Pais de Penegate, valido do Conde D. Henrique, mas de que, atualmente, não restam quaisquer vestígios aparentes.

Descrição

Torre de Penegate
Torre de Penegate

Assente num afloramento de difícil acesso, a torre de planta quadrangular é formada por três pisos. A entrada orientada a nascente posiciona-se a poucos metros acima do solo, com a abertura em moldura apontada, sendo feito o acesso através de uma escada amovível da qual só restam os apoios.

Em 1907, a torre passou para a posse da família dos atuais proprietários, efetuando diversas campanhas de obras nas décadas posteriores, sendo edificado um segundo corpo para residência.

Classificação

Só em 2013 é que a Torre de Penegate entrou na classificação de Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 41 39.533' W 008 29.497'  (41.65888, -8.49162)

Temas / Tags

Carreiras (São Miguel), publicado em por

 


Os Mais Próximos


Capela de Nossa Senhora da Pena
Carreiras (São Miguel), Vila Verde
(17 m SE)

Ponte do Couto
Moure, Vila Verde
(1 km S)

Casa de Gondomil
Moure, Vila Verde
(3 km SE)

Pelourinho de Moure
Moure, Vila Verde
(3 km SE)

Ponte da Pedrinha
Goães, Vila Verde
(3 km NW)

Imóvel de Interesse Público


Fonte Romana
Vila Flor

Igreja de Nossa Senhora do Loreto
Santa Maria Maior, Lisboa

Castro do Monte Mozinho
Galegos, Penafiel

Castelo de Vila Verde dos Francos
Vila Verde dos Francos, Alenquer

Século XIV

Torre de Menagem ou de Vigia


Castelo de Sortelha
Sortelha, Sabugal

Castelo de Vilar Maior
Vilar Maior, Sabugal

Torre de Vilharigues
Paços de Vilharigues, Vouzela

Castelo de Alcanede
Alcanede, Santarém

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Antas ou Dolmens


Anta
Antas, Esposende

Anta da Agualva
Agualva-Cacém, Sintra

Anta da Barrosa
Vila Praia de Âncora, Caminha

Anta da Cerqueira
Cerqueira, Sever do Vouga

Anta de Monte Abraão
Monte Abraão, Sintra

Estilo Barroco

Fontes


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Casa da Água
Cabo Espichel, Sesimbra

Chafariz D. João V
Alpedrinha, Fundão

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Lagos e lagoas


Barrinha de Esmoriz
Esmoriz, Ovar

Lagoa Comprida e Lagoa Escura
Fajã Grande, Lajes das Flores

Pateira de Fermentelos
Fermentelos, Águeda

Poço da Ribeira do Ferreiro
Fajã Grande, Lajes das Flores

Século XVII

Século XVIII