São Tiago

São Tiago Maior, também chamado Tiago, filho de Zebedeu e São Tiago Apóstolo o Maior, foi um dos doze apóstolos de Jesus Cristo martirizado no ano 44. O nome de Tiago teve a mesma origem latina de Jaime e de Jacob, sendo estas as designações deste santo em diversas línguas.

  • A Igreja de S. Tiago foi a Igreja Matriz de Ribeira de Fráguas antes da construção da Igreja Matriz atual, sendo agora a casa mortuária.
  • Uma capela situada no caminho de Santiago de Compostela, sendo por isso uma capela devocional, foi a ideia dos senhores locais chamados Álvaro Afonso e sua mulher Gimanesa Pereira.
  • Cerca de um quilometro a norte da Vila de Prado, no lugar de Francelos, que em tempos remotos foi sede de freguesia, situa-se esta capela de São Tiago.
  • Situado em frente à Igreja Matriz, ergue-se um maravilhoso Cruzeiro de Santiago do século XVI com o elemento da cruz no estilo manuelino.
  • Um cruzeiro situado num cruzamento de caminhos em terra batida, tem numa das faces a imagem de São Tiago por aqui passar o caminho para Santiago de Compostela.
  • A Fortaleza surgiu para defesa da Cidade, tendo sido iniciada ainda na Dinastia Filipina de acordo com uma inscrição no Portão de Armas, e terminada em de 1614.
  • É dada ao Castelo de Santiago da Barra a data provável mais antiga do século XV, quando ali foi edificada uma fortaleza que teve a sua finalização no tempo de D. Manuel I.
  • A igreja foi iniciada no primeiro quartel do século XVI, devido à criação da freguesia de Nossa Senhora da Conceição.
  • Esta igreja veio substituir a Igreja de Nossa Senhora do Calhau, que era matriz da freguesia, onde estava a imagem de S. Tiago Menor, totalmente destruída por um aluvião em 1803.
  • Esta Igreja de Santiago é da segunda metade século XIII sendo em 1270 a sua existência um facto, pois foi o ano em que D. Afonso III doou o padroado desta Igreja ao Bispado de Silves.
  • Fundada no início do século XVI, apresenta caraterísticas de arquitectura renascentista, maneirista, proto-barroca e barroca.
  • Edificada em 1585, possui características manuelinas e barrocas, capela-mor totalmente revestida a talha sem pintura e com sacristia anexa.
  • A Igreja de São Tiago é uma construção do séc. XII. Foi recuperada pela instituição "Ler Devagar" e transformada na grande Livraria de Santiago.
  • A Igreja de Santiago é proveniente da época da Idade Média, sendo a atual resultante de uma reconstrução quinhentista, continuando posteriormente a sofrer obras de remodelação.
  • Esta igreja foi erguida a mando de D. Sancho I para substituir uma ermida edificada sob D. Afonso Henriques pela tomada do castelo aos muçulmanos.
  • Localização Coordenadas GPS: N 38 42.695' W 009 07.856'
  • A Igreja Paroquial de Santiago tem as suas primeiras referências em 1302, sendo no entanto muito reformulada em meados do século XVI.
  • O nome dado à Igreja de Santiago deve-se a que esta estava na antiga rota dos Caminhos de Santiago de Compostela.
  • Esta Igreja começou por fazer parte de um Mosteiro da Ordem do Templo, sendo referido que, em 1549, era propriedade dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho.
  • Sem conhecimento da data da primitiva Igreja de Santiago Maior, estava esta referenciada no livro das Igrejas Mosteiros que havia nos reinos de Portugal e Algarve em 1320 e 1321.