Santa Ana

Santa Ana foi a mãe de Maria de Nazaré, esposa de São Joaquim e avó de Jesus Cristo. O nome hebraico de Santa Ana, ou Sant'Ana, significa "Graça". Residindo em Jerusalém, no ano 20 a.C. nasceu-lhes uma filha que recebeu o nome de Miriam. Este nome em hebraico significa "Senhora da Luz", mas passou para o latim como Maria.

  • A Capela de Santa Ana, como a colegiada nela instituída, foram fundadas no séc. XVIII pela vontade do Dr. Jerónimo Botelho Correia Guedes do Amaral.
  • Capela de Santa Ana, um pequeno templo religioso situado no centro da aldeia. De planta longitudinal, a sua construção baseia-se, como toda a aldeia, em pedra granítica.
  • Datada do séc. XVIII, está situada à entrada de Safara para quem vem de Moura. O seu exterior é de uma arquitectura simples e redonda, tal como o interior.
  • Pela existência de armas encimado do portal frontal, deveria pertencer a alguma casa de Família.
  • Esta capela foi edificada no séc. XVIII a nível privado. Por morte do proprietário ou pela devoção deste, a capela foi doada ao Cónego Silva Martins que por sua vez acabaria por doar à Paróquia.
  • Uma pequena capela de uma só nave é antecedida por uma pequena galilé. Durante a 3ª Invasão Francesa foi utilizada como depósito de material de apoio aos militares.
  • A construção desta capela é do século XVIII. Provavelmente foi construída no lugar onde existiu uma outra do século XVI. A capela de Santana é de uma nave única, ladeada por uma capela e a...
  • A Ermida de Santa Ana está considerado um dos templos mais antigos que remontam à Idade Média. Situa-se na parte mais alta da cidade. O seu padroado pertenceu à Ordem de Santiago.
  • Na parte alta da cidade, no Largo da Santa Ana que leva o nome da ermida atualmente traduzida para capela, é uma edificação do séc. XVIII.
  • A Igreja do Convento de Santa Ana situa-se a norte da cidade, junto da Estação dos Caminhos de Ferro, pertencente à Ordem Feminina das Beneditinas. À semelhança de outros conventos, este também foi...
  • Esta igreja é dedicada a Santa Ana, de quem também a localidade obteve o nome. Foi iniciada a construção em 1572, continuada no final do século XVII e terminada 1698.
  • Situado no centro de Lisboa, ao cimo da Calçada de Santana, este edifício do século XVIII é o exemplo puro da arquitetura neoclássica.
  • Esta ermida ergue-se no cimo de um monte junto da aldeia de Meixedo num espaço amplo e de onde se obtém uma excelente vista panorâmica sobre toda a região em redor.
  • O Solar de Santa Ana é um exemplar de arquitectura setecentista típica das Beiras. Foi mandado edificar pelo Capitão Vicente Rodrigues do Valle, no segundo quartel do séc. XVIII.