Pontes Romanas

Das diversas construções romanas em Portugal destaca-se as pontes. São construções que, apesar das centenas de anos que entretanto passaram, continuam a servir o seu objetivo, permitir atravessar os rios a pessoas, animais e veículos.

Muitas foram remodeladas ou substituídas por outras mais recentes, mas muitas mais continuam a sua função exatamente como eram quando foram construídas, mostrando a sua resistência.

  • Ponte Romana Ponte de 3 arcos, de origem romana na Ribeira de Pomares. Separa o Povo dos Bairros do Tinte e Portelinha Por: Gustavo Fonseca Santos Costa Coordenadas GPS: N 40 16.148' W 007 53.841'
  • Também conhecida como Ponte Velha de Quelfes, é uma ponte do século I d.C. com uma estrutura modesta, que permitia a passagem entre povoações rurais.
  • Esta ponte é formada por três arcos plenos desiguais, com o tabuleiro em cavalete pronunciado sobre o primeiro arco.
  • Um exemplar de uma ponte romana de três arcos de corta águas que atravessa a ribeira Safareja, bem visível e principalmente bem conservada.
  • Esta estrutura, que está compreendida entre os sécs. I e II d.C., é formada por três arcos que sustentam um tabuleiro quase reto, e composto por guardas de pedra em todo o seu comprimento.
  • Ponte Romana Ponte Romana Esta ponte romana é de dois arcos apoiados em duas colunas, uma em cada lado, por corta águas. Está situada a poucas centenas de metros da Igreja Românica, sendo esta...
  • Ponte Medieval de estilo Romano situando-se no séc. XIII, de estrutura única e peculiar em Portugal. Numa das pontas da ponte existe um arco de fecho que fazia a fronteira entre Portugal e Espanha.
  • Ponte Romana de Silves, ou Ponte Velha, é talvez um dos monumentos mais polémicos, pois há uma pequena divergência sobre a sua verdadeira data. Com factos de que é datada da época romana, para...
  • Sendo uma construção romana, dos sécs. I ou II, manteve até há poucos anos a sua utilização para passagem de automóveis para ligação de Alter do Chão a Chança e Ponte de Sôr.
  • Com dupla denominação como Ponte do Arco ou Ponte da Barrela, atravessa o rio Pinhão, afluente do Douro, e é uma das duas Pontes Romanas de Trás-os-Montes.
  • Esta Ponte Romana do Arquinho é datada do séc. I d.C., e integraria a VIA XVII do Império Romano que ligava Bracara Augusta (Braga) a Astúrica Augusta (Astorga, em Espanha).
  • Esta ponte, que atravessa o Rio Neiva, é edificada em granito possuindo dois arcos redondos, interligando-se com três corta-águas, que suportam o tabuleiro em cavalete.
  • Uma pequena ponte romana de um só arco de volta perfeita, atravessa o que em tempos era um rio e que agora não passa de um riacho.
  • Esta ponte está situada junto do Parque de São Lázaro. A sua construção foi atribuída à era romana, sendo modificada nos tempos seguintes.
  • Não há muito a comentar este tipo de monumento, não havendo indicações nenhumas. É mais uma ponte romana de cavalete, de um só arco. Devo acrescentar que é das poucas pontes bem conservadas,...
  • Ponte Romana no Paúl - ponte que ainda se mantém em funcionamento   (inserido sem indicação do autor) Coordenadas GPS: N 40 12.199' W 007 38.342'
  • Denominada com este nome, também é conhecida como ponte velha. Sua utilização inicial foi para ser inserida no caminho medieval entre S. Pedro da Torre e Valença, e consequentemente situada no...
  • A Ponte Velha de Vizela fazia parte de uma via romana, vinda de Braga para Amarante, e que passava por Guimarães.