Fontes, Poços e Lavadouros

Fontes, Poços e Lavadouros

Uma fonte, fontanário ou chafariz é uma construção situada habitualmente em espaços públicos e abertos, tais como praças, jardins ou ruas. Tendo água potável, a sua origem esteve basicamente na falta de água potável nas casas particulares. Na atualidade serve o mesmo propósito para quem passa e também como ornamento ou decoração.

  • Este acabava por ser um ponto de encontro onde pelo menos as mulheres locais se encontravam da sua lida diária, na busca de água ou para a lavagem das roupas.
  • A Praça da República, além de ser o local de encontro dos habitantes e visitantes, é o local onde pode encontrar vários pontos de interesse da vila.
  • Esta quinta poderá ter sido criada pela família de Fernando de Bulhões, conhecido como Santo António de Lisboa, e está classificada como Imóvel de Interesse Público.
  • Num ponto de relevância, o relógio de sol está pendurado na base de um crucifixo, que por sua vez está ao lado do lavadouro comunitário.
  • A capela, inaugurada em 1880, ocupa a parte alta do outeiro do Crasto ou do Calvário, a nascente da vila.
  • Este espaço religioso situa-se no conhecido Monte Colcurinho, nomeadamente no Vale da Macieira, a pertencer à freguesia de Aldeia das Dez.
  • Em estilo barroco, foi construído no séc. XVIII no local de uma capela de madeira para guardar a cruz de pedra com Cristo crucificado.
  • Um pequeno tanque na praça central em Bornes para onde todos os caminhos convergem.
  • Existem tanques comunitários por essas aldeias fora neste País, que eram o ponto de encontro das mulheres das aldeias.
  • Tal como em todas as aldeias, também aqui existe um lavadouro com vários tanques, ponto obrigatório de encontro dos populares para assim porem as conversas em dia.
  • Num espaço tão pequeno como é a aldeia, o Campo do Gerês é prendado com três espaços que lhe permite ser abundante em água.