Este templo religioso dedicado a Nossa Senhora da Assunção está datado dos finais do século XVIII, decorria o ano de 1788, contudo foi edificado sobre um primitivo templo em estado de ruína, sendo este correspondente ao século XVI.

Construção

Igreja Matriz
Igreja Matriz - interior
Igreja Matriz - interior

Do templo primitivo restou apenas os Santos Teotónio e Simão, as imagens da Nossa Senhora do Rosário e da Assunção e, para finalizar o ciclo, a pia batismal.

Sobre o novo templo, as obras de construção terminaram em 1789 e, desde este ano, viria a sofrer fortes campanhas de obras de modernização que viriam a alterar a verdadeira traça do edifício.

Descrição

Edifício de linhas modestas, apresenta uma planta retangular formada por uma nave e capela-mor. No lado esquerdo, anexado a esta em plano mais recuado, está a sacristia.

No lado contrário e separada da igreja, unicamente ligada por um arco, está a torre quadrangular sineira.

A fachada contracurvada apresenta no seu rasgo maior o portal em arco abatido encimado de uma cimalha ondulada a finalizar em bico. Esta está encimada por uma janela de iluminação do coro-alto, com uma sacada em guarda de ferro e ladeada por duas janelas quadrilobadas.

No interior da nave apresenta-se o coro-alto e várias capelas laterais. A finalizar esta secção e encostados ao arco triunfal que separa da capela-mor, dois altares colaterais em dourados. O arco é feito com pedra de xisto.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 08.941' W 007 55.391'  (40.14902, -7.92318)

Temas / Tags

Fajão, publicado em por