A construção foi pronunciada no ano de 1268, nos finais do reinado D. Afonso III. Contudo o início do Convento de São Francisco aconteceu oitenta anos depois, mais concretamente em 1348, com o apoio da nobreza local e do rei D. Dinis.

Construção e Modificações

Convento de São Francisco
Fachada e Largo

Entretanto viria a sofrer alterações ao longo dos séculos pelo que são visíveis elementos de diferentes estilos de arquitetura.

Do período gótico mantém a chamada Capela/Sala dos Túmulos, uma capela funerária construída no século XV, considerada por algumas pessoas como um dos mais interessantes góticos do País.

Destruição e Recuperação

Já no século XIX, com a extinção das Ordens Religiosas, o conjunto eclesiástico não escapou à fúria destruidora de então, tendo o convento sido transformado em quartel militar. Coube à igreja várias funções, como uma barbearia, um celeiro, e com os túmulos ali existentes a servir de bebedouros para os animais.

Atualmente o convento está convertido numa pousada, em que tiveram o cuidado em restaurar a sala dos túmulos, aproveitando aqueles que restaram, assim como o restante recheio.

Este convento está situado fora das muralhas medievais, junto da via que ligava Beja a Mértola.

Classificação

Está classificado como Imóvel de Interesse Público.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 00.768' W 007 51.659'  (38.01280, -7.86098)

Referências

Temas / Tags

Beja, publicado em por