Aqueduto da Água da Prata
Aqueduto sobre a EN
Aqueduto da Água da Prata
Torre sobre a EN
Aqueduto da Água da Prata
Lado leste, visto de sul
Aqueduto da Água da Prata
Lado oeste, visto de norte
Aqueduto da Água da Prata
Aqueduto, vista aérea

O Aqueduto da Água da Prata foi construído no século XVI por ordem do rei D. João III e inaugurado em março de 1537 para transportar água desde a nascentes em Graça do Divor, dos terrenos do Convento de São Bento de Castris, para a cidade de Évora, numa extensão de cerca de 18 quilómetros.

A construção do aqueduto iniciou em 1531, tendo o rei D. João III fornecido grandes investimentos, materiais e humanos, para construir o melhor e mais complexo sistema de fornecimento de água.

O aqueduto teve diversas obras de restauro e modificações, mantendo sempre a forma original. Pela Guerra da Restauração, no século XVII, teve diversos danos e as consequentes obras de remodelação, bem como melhoramentos nos século XIX e XX.

Existe um caminho pedestre, limpo, fácil e bem sinalizado, ao longo do aqueduto. O nome de "Água da Prata" é devido à água cristalina e pura da Fonte da Prata onde o aqueduto inicia.

Na atualidade ainda continua a funcionar abastecendo a cidade de água, sendo dos poucos do país em que isso acontece.

Classificação

O Aqueduto da Água da Prata está classificado como Monumento Nacional desde 1910.

Localização

Coordenadas GPS: N 38 34.898' W 007 55.403'   (38.58163, -7.92338)

O início do aqueduto é junto do Convento de São Bento de Castris, em N 38 35.045' W 007 55.964'

Temas / Tags

Malagueira, publicado em por