Aqueduto da Água da Prata
O Aqueduto da Água de Prata foi construído no século XVI por ordem do rei D. João III e inaugurado em março de 1537 para transportar água desde a nascentes em Graça do Divor, dos terrenos do Convento de São Bento de Castris, para a cidade de Évora.
Aqueduto da Água da Prata
Aqueduto sobre a EN
Aqueduto da Água da Prata
Torre sobre a EN
Aqueduto da Água da Prata
Lado leste, visto de sul
Aqueduto da Água da Prata
Lado oeste, visto de norte
Aqueduto da Água da Prata
Aqueduto, vista aérea

O Aqueduto da Água da Prata foi construído no século XVI por ordem do rei D. João III e inaugurado em março de 1537 para transportar água desde a nascentes em Graça do Divor, dos terrenos do Convento de São Bento de Castris, para a cidade de Évora, numa extensão de cerca de 18 quilómetros.

A construção do aqueduto iniciou em 1531, tendo o rei D. João III fornecido grandes investimentos, materiais e humanos, para construir o melhor e mais complexo sistema de fornecimento de água.

O aqueduto teve diversas obras de restauro e modificações, mantendo sempre a forma original. Pela Guerra da Restauração, no século XVII, teve diversos danos e as consequentes obras de remodelação, bem como melhoramentos nos século XIX e XX.

Existe um caminho pedestre, limpo, fácil e bem sinalizado, ao longo do aqueduto. O nome de "Água da Prata" é devido à água cristalina e pura da Fonte da Prata onde o aqueduto inicia.

Na atualidade ainda continua a funcionar abastecendo a cidade de água, sendo dos poucos do país em que isso acontece.

Classificação

O Aqueduto da Água da Prata está classificado como Monumento Nacional desde 1910.

Veja outros pontos de interesse
nesta localidade Malagueira
ou neste concelho Évora
Outras localidades deste concelho Évora

Localização

Coordenadas GPS: N 38 34.898' W 007 55.403'   (38.58163, -7.92338)

O início do aqueduto é junto do Convento de São Bento de Castris, em N 38 35.045' W 007 55.964'

Temas / Tags

Malagueira, publicado em por