Convento de Cristo - Claustro
Claustro do
Convento de Cristo
Janela Manuelina do Convento de Cristo
Janela
Manuelina

Em 1418, sob o Infante D. Henrique, Mestre da Ordem, foi construído o claustro entre a charola e a fortaleza templária que mais tarde, no tempo D. João III, verificou as maiores modificações no claustro sob o estilo manuelino para dar mais riqueza, em que o seu ponto mais alto é na famosa JANELA MANUELINA.

A Janela é o expoente máximo da época manuelina, um verdadeiro ícone nacional, com alusões às Descobertas e à história de Portugal.

O claustro, o elemento mais importante e emblemático do Convento de Cristo, serviu para o recolhimento, procissões e oração. É formado por dois pisos sobrepostos, com a cobertura do último em terraço, rematado por uma balaustrada. No pátio está ao centro um fontanário.

Coordenadas GPS: N 39 36.212' W 008 25.128'  (39.60353, -8.41880)

Temas / Tags

Tomar, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos

Claustro

Estilo Manuelino

Século XV


Torre do Relógio
Tentúgal, Montemor-o-Velho

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Aquedutos


Aqueduto
Manique do Intendente, Azambuja

Aqueduto
Arruda dos Vinhos

Aqueduto Real do Mosteiro
São Cristóvão de Lafões, São Pedro do Sul

Câmara Municipal

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Portas da Cidade ou do Castelo

Santo António


São João Batista

Século XII

Século XVII

Torre de Menagem ou de Vigia