Pelourinho de Pena Verde

Pena Verde foi concelho desde que recebeu a carta de foral de D. Sancho II em 1240 confirmada por D. Dinis em 1278 e ainda foral novo de D. Manuel I em 1514. Em 1836 foi integrado no concelho de Trancoso e em 1840 passou finalmente para o concelho de Aguiar da Beira.

Um pelourinho simples, possivelmente erguido no século XV, é constituído por um fuste com a parte inferior em secção quadrada com os ângulos superiores chanfrados e a parte superior de secção octogonal terminado numa pirâmide também octogonal de topo truncado.

Existe um orifício no cimo, onde certamente estava afixado o espigão da grimpa, e outro numa das faces, onde estaria um ferro de sujeição. A meio da coluna existiu um anel de ferro, onde se afixavam os cartazes e editais.

A coluna assenta sobre a base e dois degraus, sendo a base também octogonal, o primeiro degrau formado por pedras irregulares a formar um círculo e o segundo idêntico e quase embutido no pavimento.

Classificação

O pelourinho está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1933.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 43.685' W 007 30.326'  (40.72808, -7.50543)

Temas / Tags

Pena Verde, publicado em por