Nossa Senhora da Graça

Nossa Senhora da Graça, ou Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, é uma das representações de Nossa Senhora Mãe de Jesus Cristo. No séc. XIX Santa Catarina Labouré, então uma noviça das Irmãs da Caridade em Paris, França, teve uma aparição de Nossa Senhora que lhe disse para criar uma medalha, a Medalha Milagrosa, que daria graças a quem a usasse.

  • Uma pequena capela na localidade de Senhora da Graça, a menos de um quilómetro da sede do concelho, pensa-se ter sido cionstruída no século XVI ou XVII.
  • A Capela de Nossa Senhora da Graça foi construída entre os sécs. XV e XVI sobre as antigas fundações da antiga Igreja de Santa Maria, construção ordenada pelo Infante D. Henrique.
  • Esta capela é o ex-libris da Ilha de Porto Santo, representando-a no aspecto cultural e religioso. Do século XVI, este templo religioso é dos mais antigos da ilha, sendo anterior a 1533. Era...
  • Este pequeno templo seiscentista de planta longitudinal é formado por uma só nave e sacristia adossada. A fachada mostra-se em empena triangular, encimada por dois pináculos laterais e uma sineira....
  • Sem qualquer resenha histórica ou cronológica, dedicada à Senhora da Graça, esta capela na sua forma longitudinal é constituída por nave e capela-mor retangulares.
  • A primeira edificação deu-se no período anterior ao ano 1623, sendo reedificada nos finais do século XIX.
  • No centro histórico da cidade, bem acima da muralha, está o Antigo Convento dos Eremitas de Santo Agostinho. Fundado por este mesmo Santo, foi construído onde se situava a Judiaria, em 1542.
  • Esta igreja, do séc. XVI, está no local onde terá tido origem a vila de Nisa, chamado de Nisa-a-Velha, o possível local de um castelo.
  • Igreja de Nossa Senhora da Graça ou Matriz de Alandroal, igualmente mandada construir no séc. XIII, mas que o tempo transformou com sucessivas remodelações.
  • Estes dois elementos de igreja / hospital que foram edificados em separado, vieram séculos mais tarde a unir-se numa só instituição.
  • A Igreja de Nossa Senhora da Graça é uma igreja barroca do século XVI, segundo a gravação no intradorso do arco cruzeiro.
  • Localizada no largo com o mesmo nome, a Igreja da Graça, que faz parte do Convento da Graça, é uma construção do século XIII.
  • Dedicado a Nossa Senhora da Graça, o Convento dos Agostinhos foi fundado no séc. XVI no espaço onde anteriormente estava erguida a Ermida da Gafaria da cidade.
  • Igreja Matriz ou Igreja de Nossa Senhora da Graça, é da época medieval, mas foi reconstruída na época renascentista.
  • Dedicada a Nossa Senhora da Graça, foi comenda da Ordem de Cristo, destaca-se da malha urbana pela imponência dos seus volumes.
  • A Igreja de Nossa Senhora da Graça do Divor está situada no pequeno monte, fora da zona urbana da aldeia de Divor, na Herdade da Água da Prata que, desde a época medieval, pertence à Sé de Évora.
  • A Igreja Matriz de Lapas foi construída em 1550 e bastante remodelada no séc XVII.
  • Conhecida como Porta do Vale, tem no seu interior uma capela-oratório com a imagem dedicada a Nossa Senhora da Graça.
  • Da primeira edificação, grandemente afectada pelo terramoto de 1755, resta o portal gótico, com colunas encimadas por capitéis.

Comentários