Pelourinho de Serpins
Pelourinho de Serpins
Pelourinho de Serpins
Pelourinho de Serpins

Sobranceiro com a Capela de Nossa Senhora da Graça, e que confronta com o Rio Ceira, o pelourinho é sem dúvida o ponto de referência do Largo de Nossa Senhora da Graça. Elemento contributivo para que em tempos remotos a aldeia de Serpins tivesse a sua importância na história.

Sendo uma localidade bastante antiga, tendo sido promovida a sede de concelho, só teve o seu foral em 1514, dado pelo Rei D. Manuel, mantendo assim a sua autonomia até 1836, ano que em foi integrada no concelho da Lousã.

Conservando ainda todos elementos de origem desde a atribuição do foral manuelino, mantendo sempre a sua localização, foi reconstruído nos anos quarenta do século passado. Excetuando os degraus quadrangulares que não são os originais, assenta nestes uma base alta circular em que se ergue o fuste de forma oitavada que resulta no chanframento das arestas de um pilar quadrangular. Este é terminado por um prisma tosco que apresenta numa das faces um escudo nacional coroado.

Considerado como Monumento Nacional, está nas seguintes Coordenadas GPS: N 40 09.501' W 008 11.813'  (40.15835, -8.19688)

Temas / Tags

Serpins, publicado em por