Pelourinho de Belmonte
Pelourinho quatrocentista, ergue-se sobre uma base moderna constituída por três degraus octogonais.
Pelourinho

Sobre estes levanta-se uma coluna em granito, lisa e composta de quatro tambores, sobre a qual assenta um alto cilíndrico ao modo de capitel, ostentado numa das faces uma "labuínha" com a representação de uma prensa de azeite.

Sendo o único Pelourinho, é verdade que Belmonte teve duas cartas de Foral, sendo que a primeiro deu-se no ano de 1199, dada por D. Sancho I, e a segunda em 1510, atribuída por D. Manuel I.

O primeiro deveu-se por questões estratégicas, dado a sua importância com a proximidade da  fronteira, havendo por isso a necessidade de povoamento naquela parte do território.

A importância do Castelo é essencial, tendo a edificação sido realizada sobre outras edificações pré-existentes.

Realizou-se de imediato a edificação da Torre de Menagem, em finais do século XIII, já Belmonte era uma povoação consideravelmente populosa, obtendo a Carta de Couto em 1387. Só passado uma década é que Belmonte recebe o primeiro Alcaide do Castelo.

Acontece que no século XIX o Pelourinho foi derrubado pelo motivo de alargamento do largo de onde se ergue, sendo as peças encontradas em 1975 e remontadas em 1986, incluindo elementos feitos de novo.

Classificação

Em 1933 torna-se Imóvel de Interesse Público.

Veja outros pontos de interesse
nesta localidade Belmonte
ou neste concelho Belmonte
Outras localidades deste concelho Belmonte

Localização

Coordenadas GPS: N 40 21.518' W 007 20.987'  (40.35863, -7.34978)

Temas / Tags

Belmonte, publicado em por