Moinhos de Vento

Numa primeira impressão é um bocado estranho vermos moinhos em Porto Santo mas, visto bem as coisas, têm todas as condições para a sua existência. Estas condições devem-se ao baixo relevo existencial, e a este factor junta-se o vento na maior parte do ano e vindo de vários quadrantes.

Com estas condições, em poucas décadas os moinhos de vento misturaram-se na paisagem de tal forma que passaram a ser um dos símbolos mais emblemáticos da Ilha.

Estes são, por isso, dos poucos existentes na ilha, com uma excecional particularidade. Uma vez que o vento surge dos vários quadrantes, e justamente para os aproveitar, estes moinhos têm uma placa giratória. Segundo os historiadores, o primeiro do género surgiu no ano de 1794.

Porto Santo, publicado em por

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Moinhos de Vento


Moinho de vento
Gaeiras, Óbidos

Moinho dos Capuchos
Caparica e Trafaria, Almada

Moinho, Museu e Casa Típica
Castelo Mendo, Almeida

Moinhos de Entrevinhas
Entrevinhas, Sardoal

Os Mais Vistos

Bibliotecas

Estilo Barroco

Estilo Gótico


O Românico na Europa e em Portugal


Antigos Paços do Concelho
Castelo Novo, Fundão

Capela das Almas
Viana do Castelo

Capela de Fandinhães
Paços de Gaiolo, Marco de Canaveses

Santo António

Santo Estêvão


Capela de Santa Estevão de Arrifana
Arrifana, Santa Maria da Feira

Capela de Santo Estêvão
Brunhido, Águeda

Castelo de Santo Estevão
Santo Estêvão, Chaves

Igreja Matriz de Santo Estêvão
Santo Estêvão, Tavira

Século XVII


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Torre Sineira


A nossa Igreja
Freches, Trancoso

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Antiga Matriz de Alcoentre
Alcoentre, Azambuja

Recentes