Quem visita o Mosteiro de Alcobaça tem que obrigatoriamente passar pelos dois túmulos mais importantes ali presentes, o do Rei D. Pedro I e o de D. Inês de Castro, situados um em frente do outro.

A história destes dois amantes é mais do que conhecida e falada, referindo-se este artigo unicamente ao que podemos apreciar nos seus túmulos.

Os túmulos

Ambos foram construídos em estilo gótico em calcário extraído na região onde D. Inês de Castro morreu, Coimbra. D. Pedro fez construir estes túmulos para onde de imediato fez transladar o corpo de D. Inês. Não se sabe quem foi o construtor.

A sua primeira localização foi no transepto sul do Mosteiro de Alcobaça, lado a lado, conforme a vontade de D. Pedro I com D. Inês ao lado direito do rei. Daqui foram levados para a Sala dos Túmulos, para regressarem, no séc. XX, ao local original, onde se encontram atualmente, mas agora frente a frente e não lado a lado. D. Inês está no braço norte do transepto e D. Pedro no braço sul. Assim, segundo a lenda, quando ressuscitarem irão ver-se um ao outro.

Túmulos de D. Pedro e D. Inês - anjos seguram a cabeça

Conta a tradição que D. Pedro coroou D. Inês como rainha, depois da sua morte, obrigando toda a corte a beijar-lhe a mão. Assim, as figuras nestes túmulos estão coroadas como sendo rei e rainha, e rodeados por seis anjos que lhes levantam a cabeça, assente sobre almofadas, para os elevar para o céu.

Ambos os túmulos estão decorados em alto relevo com motivos heráldicos, bíblicos, vegetalistas e geométricos.

D. Inês de Castro (n. 1320 ou 1325 em Galiza, m. 7 de janeiro de 1355 em Santa Clara, Coimbra)

Túmulo de D. Inês de CastroTúmulo de D. InêsTúmulo de D. InêsTúmulo de D. InêsTúmulo de D. Inês

Rodeada de anjos e coroada de rainha, D. Inês segura na mão esquerda enluvada a luva da mão direita que toca no colar que lhe cai do pescoço pelo peito. Os anjos, além de lhe segurarem a cabeça, ajeitam-lhe o vestido.

O túmulo é rodeado de figuras que representam cenas da vida de Jesus Cristo.

A escultura do lado esquerdo mostra a evolução da vida de Cristo desde a infância até à vida adulta.

Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 1
Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 2
Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 3
Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 4
Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 5
Túmulo D. Inês de Castro - esquerda painel 6

No lado direito mostra-se a Paixão de Cristo desde a Última Ceia até ao Caminho para o Calvário.

Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 6
Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 5
Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 4
Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 3
Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 2
Túmulo D. Inês de Castro - direita painel 1

O painel à cabeceira mostra o Calvário com Jesus ao centro e os dois ladrões, segundo o relato bíblico, à esquerda e à direita.

Túmulo D. Inês Castro - cabeceira

O painel aos pés mostra o Juízo Final.

Túmulo D. Inês de Castro - pés

Neste, D. Pedro pretendeu mostrar que ambos têm um lugar no Paraíso e aqueles que os fizeram sofrer têm o seu destino na boca do Levitão, representado no canto inferior direito.

Em baixo à esquerda representa-se os mortos que ressuscitam e saem das suas sepulturas para serem julgados. Jesus preside em cima ao centro ladeado pelos Apóstolos.

D. Pedro I (n. 8 de abril de 1320 em Coimbra, m. 18 de janeiro de 1367, em Estremoz)

Túmulo de D. Pedro ITúmulo de D. Pedro ITúmulo D. Pedro ITúmulo D. Pedro I

Também rodeado de anjos, D. Pedro segura na mão direita a espada pelo punho enquanto com a esquerda segura a bainha.

O túmulo está rodeado por figuras que representam a infância e o martírio de S. Bartolomeu, seu santo protetor.

Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 1
Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 2
Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 3
Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 4
Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 5
Túmulo D. Pedro I - esquerda painel 6
Túmulo D. Pedro I - direita painel 1
Túmulo D. Pedro I - direita painel 2
Túmulo D. Pedro I - direita painel 3
Túmulo D. Pedro I - direita painel 4
Túmulo D. Pedro I - direita painel 5
Túmulo D. Pedro I - direita painel 6

Aos pés do túmulo estão representadas a Roda da Vida e a Roda da Fortuna.

Túmulo de D. Pedro I - cabeceira

A Roda da Vida, a exterior, representa 12 cenas da vida amorosa e trágica de D. Pedro e D. Inês.

Enquanto numa cena D. Inês acaricia um dos filhos, noutra convive toda a família, os pais e os três filhos.

Numa cena jogam, noutra os amantes acariciam-se.

Numa cena os assassinos de D. Inês aparecem, na cena seguinte matam D. Inês e noutra são castigados. Finalmente D. Pedro é apresentado já amortalhado.

Na Roda da Fortuna, a interior, vê-se o casal antes e depois de casados e D. Afonso IV explusa D. Inês.

Subscreva o Canal do Youtube de Visitar Portugal
para estar a par com as últimas novidades


Coordenadas GPS: N 39 32.896' W 008 58.809'  (39.54827, -8.98015)

Temas / Tags

Alcobaça, publicado em por

 


Os Mais Próximos

Figuras da Realeza de Portugal

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Igreja de S. Simão
Vila Fresca de Azeitão, Setúbal

Cruzeiros


Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Capela de S. Silvestre e Cruzeiro
Carvalhal da Aroeira, Torres Novas

Igreja Matriz


A Igreja Matriz, a Albergaria
Arrifana, Vila Nova de Poiares

Antiga Igreja Matriz
Vila Pouca de Aguiar

Capela da Senhora da Soledade
Olhão da Restauração, Olhão

Capela de Nossa Senhora da Saúde de Fetais
Santo Quintino, Sobral de Monte Agraço

Pontes Medievais


Ponte Centenária
Arcos de Valdevez

Ponte Medieval
Gafanha da Nazaré, Ílhavo

Ponte Medieval
Cabreiro, Arcos de Valdevez

São Sebastião

Século XII

Século XIX

Século XV


Século XVI