Convento dos Lóios, ou Convento do Espírito Santo, pertence a um grupo monumental juntamente com a Igreja Matriz e a magnífica escadaria.

Atualidade, o Museu

Convento dos Loios
Frente da Igreja

Situado no centro da cidade, perto do Castelo, atualmente o Convento de Lóios alberga o Museu Regional.

Promove exposições a nível nacional e internacional nas áreas da pintura, arqueologia, história e história da arte. Explicando a origem do homem, evolução e desenvolvimento das Terras de Santa Maria.

Construção

O Convento remonta ao século XVI e a sua edificação deve-se à iniciativa do terceiro Conde da Feira, D. Manuel Pereira, sendo o seu filho Diogo Pereira o quarto Conde da Feira e a sua mulher Ana de Menezes que basicamente deram o seguimento ao projeto de devoção a São João Evangelista.

Assim, em 1549 existiu uma petição ao Capítulo Geral (termo que designa corpos Eclesiásticos como a Igreja Católica, a Comunhão Anglicana e as Igrejas Luteranas Nórdicas) na reunião de rendas necessárias para o Colégio dos Cónegos Seculares de São João Evangelista, também referidos como Cónegos Azuis ou Frades Lóios. Terminada a petição, a primeira pedra foi colocada no ano de 1560 no lugar de uma ermida ali existente dedicada ao Espírito Santo. Passados séculos acabou por ser transformado em convento.

Descrição

O conjunto conventual desenvolve-se numa planta retangular, em que o convento se situa a sul, e ao centro deste estão os claustros de planta quadrangular. A igreja denominada de Lóios, servindo de Matriz da vila, situa-se a norte, antecedida por uma escadaria monumental de duplo arranque.

A igreja é de fachada em empena, de dois pisos separados por um friso, sendo o térreo com a abertura do portal principal de moldura reta e encimada por um frontão triangular. No superior, a abertura é feita por um janelão, também de moldura reta, finalizando por um frontão triangular.

Esta parte central está ladeada por duas torres sineiras semelhantes, de duas partes, em que a inferior é rasgada por duas janelas encimadas por um relógio. A parte superior é formada pelos sinos e rematada por um campanário ladeado por pináculos.

Localização

Coordenadas GPS: N 40 55.438' W 008 32.517'  (40.92397, -8.54195)

Temas / Tags

Santa Maria da Feira, publicado em por

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar


Os Mais Próximos


Câmara Municipal de Santa Maria da Feira
Santa Maria da Feira
(160 m N)

Igreja da Misericórdia
Santa Maria da Feira
(337 m N)

Castelo de Santa Maria da Feira
Santa Maria da Feira
(350 m S)

Capela de Santa Estevão de Arrifana
Arrifana, Santa Maria da Feira
(4 km SE)

Forum Municipal
São João da Madeira
(5 km SE)

Claustro


Mosteiro de Santa Maria de Júnias
Pitões das Júnias, Montalegre

Igreja do Salvador
Freixo de Baixo, Amarante

Mosteiro de S. Salvador de Grijó
Grijó, Vila Nova de Gaia

Mosteiro de Ermelo
Ermelo, Arcos de Valdevez

Conventos e Mosteiros


Mosteiro de Vilar de Frades
Areias de Vilar, Barcelos

Palácio de S. Bento
Estrela, Lisboa

Mosteiro de Vila Boa do Bispo
Vila Boa do Bispo, Marco de Canaveses

Escadaria


Santuário de Nossa Senhora da Peneda
Gavieira, Arcos de Valdevez

Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Igreja de São Vicente de Fora
São Vicente, Lisboa

Convento dos Lóios
Santa Maria da Feira

Espírito Santo


Igreja Matriz

Século XVI


Igreja Matriz de Giões
Giões, Alcoutim

Igreja Matriz da Atalaia
Atalaia, Vila Nova da Barquinha

Casa dos Alpuim
Viana do Castelo

Igreja Matriz de São Bartolomeu de Messines
São Bartolomeu de Messines, Silves

Torre Sineira

Os Mais Vistos


Lapa de Santa Margarida
Portinho da Arrábida, Setúbal

Ermida de Nossa Senhora da Lapa
Soutelo, Vieira do Minho

Ponte das Três Entradas
Ponte das Três Entradas, Oliveira do Hospital

Ermida ou capela isolada


Estilo Barroco

Estilo Rococó

Estilo Romântico

Imóvel de Interesse Público

Muralhas


Outras Devoções a Nossa Senhora


Alminhas
Sabuzedo, Montalegre

Capela Nossa Senhora do Viso
Vale de Sancha, Mirandela

Capela da Senhora da Cabeça
Pereiros, São João da Pesqueira

Capela da Senhora do Aumento
Souto Fiscal, Monção

São Sebastião

Século XVIII