Paços do Concelho de Oliveira de Azeméis
Situado no encontro das ruas Dr. Bento Carqueja e do Emigrante, o edifício dos Paços do Concelho foi edificado na primeira metade do século XIX por D. Miguel.
Temas / Tags
Paços do Concelho

A função original deste edifício era para servir precisamente de Paços do Concelho, mas já no início teve várias funções.

A construção foi custeada pelo desvio do imposto real da carne e vinho que, até à data, era pago pela população de Oliveira de Azeméis para custear as obras da barra de Aveiro.

Inicialmente albergou os tribunais judiciais e administrativos, as sessões da Câmara, Repartição das Finanças e vários compartimentos onde se alojavam os funcionários subalternos. A cave era destinada à cadeia, à casa do carcereiro e uma sala livre.

A estrutura interior sofreu várias transformações, com a exterior a manter-se desde então, na qual se destaca o Brasão Nacional, mandado edificar precisamente pelo próprio D. Miguel.

Descrição

Edifício de três pisos e três panos, dois laterais uniformemente paralelos com seis rasgos de janelas, duas por piso e todas em verga reta.

O pano central é formado pelo portal principal de moldura reta, no piso térreo, sendo nos outros dois pisos formados por janelas, também de verga reta com sacada de guarda de ferro. É rematado por um frontão triangular, no qual está o Brasão Nacional.

Veja Também

Localização

O edifício da Câmara Municipal situa-se a 150 metros a sul da Igreja Matriz, na confluência entre as ruas Dr. Bento Carqueja e do Emigrante.

Coordenadas GPS: N 40 50.346' W 008 28.664'  (40.83910, -8.47773)
Oliveira de Azeméis, publicado em por