Pelourinho
Pelourinho
Pelourinho de Tondela

Este Pelourinho de Tondela surgiu um pouco extraviado, uma vez que nesse momento parte do Concelho de Tondela pertencia à circunscrição medieval de Besteiros, e que só atingiu a atual designação no século XX. Com esta situação alienou-se também, na sequência do foral concedido por D. Manuel I, em 1515, a que o antigo concelho pertencesse à atual freguesia de Molelos.

Em 1840 perdeu-se o pelourinho que foi concedido em 1515. O atual foi erguido no largo da Câmara, tendo esta mandado construir entre os anos de 1933 e 1939, aproveitando os poucos fragmentos encontrados do monumento original.

Situado no largo da Câmara, o Pelourinho levanta-se num soco de três degraus octogonais, constituído por um bloco também octogonal de faces lisas, de onde irrompe a coluna, sobre toro liso. Este conjunto, incluindo o primeiro troço do fuste, faziam parte dos elementos recuperados do pelourinho original. O troço contínuo do fuste mantém o mesmo estilo do anterior octogonal e faces lisas. É rematado por astrágalo octogonal, com gola lisa e uma série de molduras octogonais crescentes, a última de base de remate. Este consta de uma peça ogival romba, encimada por uma esfera lisa, onde se crava a grimpa em ferro.

Este Imóvel de Interesse Público, desde o ano de 1933.

Coordenadas GPS: N 40 30.971' W 008 04.761'  (40.51618, -8.07935)

Temas / Tags

Tondela, publicado em por