Pelourinho de São Martinho de Mouros
São Martinho de Mouros muito cedo foi concelho, anterior à nacionalidade, contribuindo para isso o monarca de Leão e Castela, Fernando Magno, que atribuiu a esta localidade o seu primeiro foral.
Temas / Tags

Atribuição de Concelho e do Pelourinho

Pelourinho de São Martinho de Mouros
Pelourinho de São Martinho de Mouros
Pelourinho

Mais tarde, mais concretamente em 1121, a confirmação foi atribuída por D. Teresa. Conseguiu o seu terceiro foral novo em 1513, outorgado por D. Manuel I.

Em 1855 perdeu a sua autonomia concelhia para o seu vizinho Resende, tornando-se sua freguesia.

Descrição

O Pelourinho assenta numa plataforma muito elevada, que sustenta quatro degraus octogonais de aresta. A coluna tem base quadrada, sendo a partir daí de secção octogonal, conseguida através do chanframento das suas arestas.

Possui um aro metálico a menos de meia altura com ferros de sujeição.

O capitel é composto por uma moldura circular torsa, encimada por outra moldura quadrangular, também decorada com torcidos. Remata em ábaco ou tabuleiro quadrado, que suporta a base saliente de um prisma rectangular, rematado em abóbada de barrete de clérigo, com faces cavadas e molduradas.

Encimados estão relevos heráldicos, nomeadamente um escudo das cinco quinas, uma cruz de Aviz e duas cruzes de Cristo.

Classificação

Este pelourinho está classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1933.

Veja Também

  • Outras localidades deste concelho Resende

Localização

Coordenadas GPS: N 41 06.164' W 007 53.838'  (41.10273, -7.89730)
São Martinho de Mouros, publicado em por